PUBLICIDADE

Dieta barata e eficiente: veja como emagrecer gastando pouco

Muitas vezes, o primeiro passo para quem deseja emagrecer é mudar a alimentação. Entretanto, essa tarefa nem sempre é fácil ou barata, especialmente a alta no preço dos alimentos. Contudo, o nutricionista Matheus Motta, especialista em personal dietitian em clínica, esporte e fitoterapia, explica que é possível ter emagrecer gastando pouco. Itens essenciais para manter […]

15 mai 2024 - 15h00
(atualizado às 17h02)
Compartilhar
Exibir comentários

Muitas vezes, o primeiro passo para quem deseja emagrecer é mudar a alimentação. Entretanto, essa tarefa nem sempre é fácil ou barata, especialmente a alta no preço dos alimentos. Contudo, o nutricionista Matheus Motta, especialista em personal dietitian em clínica, esporte e fitoterapia, explica que é possível ter emagrecer gastando pouco.

Dieta barata e eficiente: veja como emagrecer gastando pouco
Dieta barata e eficiente: veja como emagrecer gastando pouco
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

Itens essenciais para manter uma alimentação saudável, como leite, tubérculos, raízes e legumes, passaram a figurar no top 10 de alimentos com maior variação de preço. Matheus dá dicas para driblar o aumento dos valores. Confira:

Opte sempre por frutas, legumes e verduras da época

Em todas as estações, determinado grupo de frutas, legumes e verduras fica mais barato por conta das condições climáticas favoráveis, que aumentam o volume de produção. Isso, sem falar que esses produtos ficam ainda mais saborosos quando consumidos na época de colheita. O nutricionista indica que vale a pena fazer compras onde esses itens geralmente estão mais baratos, como em feiras locais. 

Diversifique as fontes de proteína

O aumento no preço da carne vermelha fez desse alimento um item que se tornou, por muito tempo, incomum na mesa de muitos brasileiros. Mas, há ainda outras opções para quem quer emagrecer gastando pouco, como optar por cortes mais baratos.

Outra alternativa é o peito de frango, uma ótima fonte de proteínas magras (possui menos gordura), que também é mais em conta que a carne vermelha. O ovo também é uma boa opção de fonte de proteínas com um valor mais em conta.

"Feijões, lentilha, grão-de-bico e ervilha são boas fontes de proteínas e fibras que podem servir como acompanhamento, como um incremento em saladas ou em pastas como homus", completa Matheus.

Faça um planejamento da sua alimentação

O profissional recomenda organizar antecipadamente a alimentação da semana, já que essa é uma forma de emagrecer gastando pouco. Assim é possível ter controle sobre como vai preparar os alimentos e quando vai comer, de acordo com sua rotina.

"Desse jeito, você fica livre para pesquisar melhor o preço dos alimentos em feiras e mercados, além de evitar desperdícios. Inclusive, dependendo da quantidade, é possível ter preços melhores na hora da compra", destaca.

Tenha uma lista de substituição de alimentos

Em tempos de alta constante no preço dos alimentos, uma lista com opções de substituição é indispensável. "Faça relação de seus tipos de grãos favoritos, seja feijão, lentilha ou grão-de-bico; e os carboidratos, como arroz, batata, mandioca entre outros, facilita a procura na hora da compra para comparar preços e safras", aconselha Matheus.

Beba bastante água

Essa é uma recomendação que faz bem para o bolso e todo o organismo. Conforme o nutricionista, ingerir, pelo menos, 2 litros por dia tem inúmeros benefícios. Entre eles, estão:

  • Aumento da disposição;
  • Hidratação da pele;
  • Melhor funcionamento do intestino e dos rins.

Consumir bastante água é indispensável para quem quer emagrecer gastando pouco, já que o líquido pode ajudar a evitar problemas de saúde e acelerar o processo de queima de gordura.

Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade