PUBLICIDADE

Saiba como o chocolate age no nosso corpo

Hoje sucesso mundial, já foi considerado alimento sagrado por alguns povos

20 abr 2022 05h00
ver comentários
Publicidade

Muita gente ainda está aproveitando os presentes de Páscoa, mas enquanto alguns curtem a doçura do chocolate, outros o veem como um verdadeiro vilão. Ainda assim, ele pode ser um alimento saudável e fazer parte da vida de várias pessoas, desde que seu consumo seja equilibrado, ou seja, sem exageros, e que os produtos tenham os ingredientes adequados.  

Alguns chocolates podem conter mais açúcar ou gordura hidrogenada, por exemplo, por isso consumir opções com percentual mais alto de cacau pode ser uma boa, o detalhe essencial é ter um acompanhamento nutricional para que seu bem-estar geral esteja assistido.  

Além de saudável, comer chocolate pode trazer sensação de bem-estar
Além de saudável, comer chocolate pode trazer sensação de bem-estar
Foto: WavebreakmediaMicro / Adobe Stock

Já que ele é o doce favorito de milhões de apaixonados e está em alta nos últimos dias, que tal conhecer algumas curiosidades? Você sabia que ele já foi considerado um alimento sagrado? 

De alimento sagrado a sucesso na Europa 

A Europa é sempre associada a esse doce, como no caso daqueles fabricados na Suíça, porém o fruto é originário do continente americano, e chegou ao povo europeu muito por conta das expedições marítimas. Cientificamente denominado como Theobroma cacao, que significa alimento dos deuses, foi considerado sagrado por alguns povos, como os maias. Ao “desembarcar” em outras nações, o cacau foi ganhando notoriedade ao longo do tempo e, com o desenvolvimento dos meios de produção, passou a ser difundido em maior escala e se consolidou como um sucesso que já não estava preso às classes mais elevadas da sociedade. 

Comer chocolate deixa mais feliz?  

Inimigo número um para alguns, ele pode fazer bem à saúde, desde que consumido em equilíbrio e, claro, de olho no acompanhamento nutricional. Por si só, comer algo doce e com calorias já é um ato prazeroso para o cérebro, já que um de seus esforços é nos manter vivos, todavia o chocolate, especificamente, é um alimento rico em triptofano, antioxidantes e cafeína, que ajudam no estímulo e circulação da serotonina, neurotransmissor comumente denominado como hormônio da felicidade. 

Estudos revelam que o cacau tem alta concentração de triptofano, que por sua vez está diretamente ligado à sensação de bem-estar que muitos sentem após consumi-lo. Mas por que algumas pessoas são tão fanáticas por chocolate ao ponto de exageram na hora de se deliciar com o sabor? Bem, é preciso contextualizar, pois a relação com a comida e o histórico também são importantes nessa análise: no momento da introdução de alimentos na dieta, por vezes o chocolate é adicionado como uma recompensa e/ou presente. Quando isso está relacionado ao fato de que o cérebro aprende que se trata de uma fonte de serotonina, há uma inclinação a comer o doce exacerbadamente. A serotonina não existe apenas no cérebro, se faz presente em outras regiões do corpo, como estômago, e regula sono, humor, ansiedade, entre outros. 

Como tudo na vida, um dos segredos para curtir um bom chocolate é o autocontrole, tentar racionalizar e tornar essa decisão menos impulsiva, tornando o consumo do chocolate mais equilibrado e saudável. 

 
Fontes   

https://neurosciencenews.com/dark-chocolate-depression-14641/ 

https://www.health.harvard.edu/blog/your-brain-on-chocolate-2017081612179 

 

Conheça o Atma! Disponível para:  

Android | iOS 

 

ATMA Seu app de meditação
Publicidade
Publicidade