0

Aviões com brasileiros resgatados devem chegar às 5h de domingo; ninguém tem sintomas

Brasileiros retirados do território chinês e tripulação ficarão em quarentena por 18 dias; questionado se irá visitar os repatriados, Bolsonaro disse que 'tudo é possível'

8 fev 2020
11h47
atualizado às 22h39
  • separator
  • 0
  • comentários

ANÁPOLIS - O Ministério da Defesa informou que os dois aviões com os 31 brasileiros que estavam em Wuhan, na China, devem pousar em Anápolis às 5 horas da madrugada deste domingo, 9. Por enquanto, nenhum dos resgatados apresentou sintomas da doença, de acordo com informações do tenente-brigadeiro Marcelo Damasceno, que deu entrevista ao Programa Brasil Urgente, da Rede Bandeirantes.

Neste sábado, 8, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que "tudo é possível" ao ser questionado se pretendia visitar os brasileiros repatriados. "Para militar tudo é possível", disse Bolsonaro, que ponderou, no entanto, não ter previsto ir ao hospital de trânsito da Aeronáutica na cidade, onde os resgatados ficarão em quarentena.

Na sexta-feira, 7, o governo fez uma apresentação da base de Anápolis que servirá para manter os brasileiros por 18 dias como medida de prevenção à infecção do novo coronavírus da China. Os voos com os brasileiros saíram de Wuhan na tarde de sexta. Dentre os repatriados, estão crianças de 1, 2, 3, 7 e 12 anos.

Além dos 31 resgatados em Wuhan, outras 27 pessoas que compõem a tripulação, médicos e equipe de comunicação também deverão ficar isolados pelo prazo de 18 dias. Três vezes ao dia, cada pessoa terá de passar por exames médicos, a fim de verificar sinais vitais e demais sintomas que possam surgir.

O protocolo determina que, caso uma pessoa apresente qualquer tipo de comportamento que indique a manifestação do vírus, ela será imediatamente levada para o Hospital das Forças Armadas, em Brasília, a 140 km de Anápolis.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade