0

Alimentação e fibromialgia

11 out 2018
07h11
  • separator
  • comentários

Muitas pessoas com fibromialgia são sensíveis a alimentos em particular, mas isso varia de pessoa pra pessoa. Elas podem ser sensíveis a certos conservantes, ovos, glúten, laticínios ou outros alérgenos em comum. Na verdade, uma pesquisa publicada no journal Clinical Rheumatology relatou que 42% dos pacientes com fibromialgia disseram que os sintomas pioraram após comer certos alimentos. Especialistas sugerem manter um diário alimentar para conseguir associar o consumo com o aparecimento ou agravamento dos sintomas.

Quando você descobre quais alimentos te provocam desconforto e eliminá-los da dieta, isso irá melhorar a sua qualidade de vida. Algumas pessoas têm muitos benefícios em termos de redução de dor, mas muito frequentemente na redução da fadiga e melhora nos sintomas do intestino irritável como constipação e empachamento. Faz sentido para pessoas com fibromialgia, como qualquer outra pessoa, tentar consumir uma dieta rica em frutas, vegetais, grãos integrais e proteína magra. Uma dieta bem balanceada pode dar mais energia para ficar fisicamente ativo e melhorar potencialmente a qualidade geral da vida. Realize exercícios que ajudam a relaxar como yoga e exercícios de respiração. 

Referência

http://www.webmd.com/fibromyalgia/guide/fibromyalgia-the-diet-connection?ecd=wnl_fib_082515&ctr=wnl-fib-082515_nsl-promo_5&mb=voAu2w9N73u3p993LPWFqRXFE73IOX1c0OaTzBd4F8E%3d

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade