PUBLICIDADE

5 coisas que acontecem no corpo de quem começa a fazer pilates

É um método de exercícios reconhecido pela "conexão" entre corpo e mente

20 jun 2024 - 10h24
(atualizado às 20h22)
Compartilhar
Exibir comentários
Efeitos no corpo de quem faz pilates
Efeitos no corpo de quem faz pilates
Foto: Shutterstock / Sport Life

O falecido alemão Joseph Hubertus Pilates é o responsável pela criação do pilates, cuja proposta impacta na consciência corporal. Dessa maneira, já da para imaginar a quantidade de benefícios que a prática pode nos proporcionar. Por isso, com a ajuda da fisioterapeuta da Pure Pilates Josi Araújo, separamos 5 coisas que acontecem no corpo dos praticantes da modalidade.

5 principais efeitos no corpo de quem faz pilates

1. Fortalecimento muscular

"Pilates enfatiza o fortalecimento dos músculos mais profundos do corpo, principalmente a musculatura que compõe o Core, como abdominal, lombar, glúteos e músculos profundos do tronco e bem como outros grupos musculares importantes. Isso resulta em um corpo mais equilibrado e forte", disse Josi em entrevista exclusiva para o Sport Life.

2. Melhora da flexibilidade

Esses exercícios são projetados tanto para o aumento da flexibilidade quanto a amplitude do movimento das articulações. Dessa forma, contribui para reduzir a rigidez muscular e articular, melhora a postura e previne lesões.

"Os movimentos suaves e fluidos, que visam alongar e fortalecer os músculos ao mesmo tempo. Isso ajuda a aumentar a flexibilidade e a amplitude de movimento das articulações, o que é essencial para manter a mobilidade e prevenir lesões musculares e articulares. A melhora da flexibilidade também facilita a execução de atividades diárias e esportivas, além de contribuir para uma postura mais ereta e natural", detalhou.

3. Consciência corporal em dia

Impacta na correção dos desequilíbrios musculares e posturais, o que resulta em uma postura ereta e alinhada. "Os exercícios são projetados para fortalecer os músculos, que sustentam a coluna vertebral e promover uma distribuição adequada do peso corporal, o que resulta em uma postura mais ereta, alinhada e sem tensões. Uma postura correta não apenas melhora a aparência física, mas também reduz a sobrecarga nos músculos e articulações", completou Araújo.

4. Equilíbrio e coordenação

"Muitos exercícios do pilates envolvem movimentos precisos e controlados, que desafiam o equilíbrio e a coordenação. Isso ajuda a melhorar a estabilidade e a habilidade de controlar os movimentos do corpo no espaço. Os exercícios exigem controle preciso dos movimentos e estabilidade do corpo, que desafiam o equilíbrio e a coordenação. Isso pode ajudar a fortalecer os músculos estabilizadores e a melhorar a consciência corporal. Que permitem que você se mova com mais facilidade e eficiência no espaço. Além disso, o equilíbrio e a coordenação são essenciais não apenas para os exercícios físicos. Mas também para prevenir quedas e lesões no dia a dia", explicou.

5. Queda do stress com aumento do bem-estar

"Promove a concentração, a respiração consciente e o relaxamento durante os exercícios, o que pode ajudar a reduzir o stress e promover uma sensação geral de bem-estar e tranquilidade. Criando uma experiência holística que promove o equilíbrio entre mente e corpo. A prática regular reduz os níveis de ansiedade, melhora a qualidade do sono, aumenta a sensação geral de bem-estar e tranquilidade. Além disso, os benefícios físicos, como a melhora da postura e o alívio da dor, também contribuem para uma melhor qualidade de vida", concluiu Josi Araújo.

6 motivos para fazer musculação no inverno 6 motivos para fazer musculação no inverno

Sport Life
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade