PUBLICIDADE

Pilates de parede funciona? Conheça 3 exercícios para testar em casa

Para quem não tem tempo ou recursos para uma academia, o pilates de parede pode ser uma solução simples e prática

11 jun 2024 - 10h06
Compartilhar
Exibir comentários

O pilates é uma modalidade de exercícios que visa trabalhar a conexão entre mente e corpo, como uma unidade. Dessa forma, melhora a consciência corporal e promove uma série de benefícios. Para quem não tem tempo ou recursos para se matricular em uma academia de pilates, por exemplo, recorrer ao apoio de uma parede em casa pode ser a solução.

Pilates de parede funciona? Conheça 3 exercícios para testar em casa
Pilates de parede funciona? Conheça 3 exercícios para testar em casa
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

Para Josi Araújo, professora da Pure Pilates, o principal benefício do "pilates de parede" sem dúvida é entender a importância de se movimentar. Isto é, independente de onde esteja e do momento que se encontra, além do fácil acesso que é ter uma parede por perto. 

"Dentro dos nossos studios de pilates usamos a parede como um acessório e um up a mais para adaptar alguns movimentos, pensando sempre na individualidade de cada aluno. É preciso sempre um olhar direcionado para trabalhar dentro do objetivo de cada corpo", destaca a profissional.

Ela lembra que se colocar movimento no dia a dia é essencial, e traz grandes benefícios independente de qual seja a prática. "No entanto, é claro que nada substitui uma atividade física com acompanhamento de um profissional qualificado", afirma a professora, que também é fisioterapeuta.

Segundo ela, um especialista pode trazer as correções necessárias para atingir os objetivos e principalmente não trazer riscos de lesões.

3 exercícios para testar em casa

Apesar disso, o pilates de parede pode ser uma solução em uma rotina atribulada. Pensando nisso, Josi ensina três exercícios que podem ser feitos na parede de casa. Confira:

1 - Flexão de braço: em pé com as mãos apoiadas na parede e o corpo inclinado na ponta do pé, dobre os cotovelos descendo o corpo reto.

2 - Agachamento com apoio da parede: sentada de costas para a parede, mander flexão de quadril e joelho  dentro do seu limite para que com sobrecarregue a articulação do joelho, além de trabalhar de forma isométrica a musculatura de quadríceps e glúteos, podemos também nessa mesma posição realizar o movimento de mobilidade articular de tornozelo, subindo e descendo o calcanhar. 

3 - Ponte: com o pé apoiado na parede, eleve o quadril.

Benefícios do pilates

Josi destaca que a prática do pilates traz inúmeros benefícios tanto para o corpo como para a mente. "O pilates é um método que trabalha mobilidade, fortalecimento, flexibilidade sempre de forma global, pensando sempre em atingir a necessidade de cada aluno de forma individual", afirma.

"É um método adaptável, trabalhando sempre com a musculatura mais profunda do corpo, os estabilizadores, trazendo mais consciência corporal para que os alunos mantenham suas atividades de vida diária. Além de trazer concentração para o dia a dia", completa a profissional. 

Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade