PUBLICIDADE

Pets podem ter dengue e desenvolver doença no coração se forem picados pelo mosquito

Além da própria doença infecciosa, cachorros e gatos podem desenvolver o verme do coração após serem picados pelo Aedes Aegypti

9 fev 2024 - 15h31
Compartilhar
Exibir comentários
Assim como humanos, cachorros também podem virar vítimas da dengue
Assim como humanos, cachorros também podem virar vítimas da dengue
Foto: iStock

Você sabia que os animais também são suscetíveis a dengue? Com a alta dos casos da doença no estado de São Paulo e outras regiões do país, cachorros e gatos entram na lista de possíveis vítimas do mosquito.

Depois de picar os pets e causar a doença infecciosa, o Aedes Aegypti ainda pode causar outra doença. Isso acontece porque o mosquisto também é transmissor do parasita Dirofilaria immitis, responsável pelo desenvolvimento da doença popularmente conhecida como "verme do coração".

A doença, que pode ser previnida com uma vacina aplicada a partir do 6º mês de vida do pet, pode causar complicações sérias à saúde e em casos mais graves, pode matar. Depois de contraida, a doença não tem nenhum medicamento próprio, sendo tratada com vermífugos. 

Para evitar, os donos do cachorro e gato devem deixar a casa limpa, prevenir o acumúlo de água parada e pode colocar coleira antiparasitária. 

Quando infectado pelo "verme do coração", o animal pode sentir:

  • Dificuldade respiratória
  • Moleza
  • Cansaço
  • Anemia
  • Tosse
  • Apatia
  • Emagrecimento
  • Mucosas em tons de roxo
  • Problemas cardiológicos

Por isso, os donos dos pets devem ficam atentos a qualquer mudança de comportamento.

Dicas para transportar seu gato sem estresse Dicas para transportar seu gato sem estresse

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Publicidade