0

Vômito pode ser intoxicação e doenças virais em cães

Conheça as principais causas do vômito de cães e saiba como agir para que seu pet continue sadio

16 abr 2014
09h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Cuidadosos com seus amigões, os donos de pet têm a tendência de ficarem extremamente preocupados ao notar qualquer sinal de anormalidade na saúde deles, e o vômito do cão pode ser motivo de desespero. No entanto, assim como no caso dos seres humanos, nem sempre esse tipo de sintoma indica algum problema grave, podendo acontecer em função de algo simples, como o fato de o animal ter ingerido algum alimento que não tenha lhe feito muito bem.

Foto: Getty Images

Da mesma forma, o vômito também é um sintoma presente no surgimento de uma série de doenças bastante graves e, por isso, deve ser investigado sempre. Portanto, ao notar que o seu pet anda vomitando, a melhor pedida é levá-lo para uma consulta com um veterinário porque somente um profissional saberá avaliar se o episódio é irrelevante ou indica a presença de problemas mais sérios e que devem ser diagnosticados.

Embora muitos possam considerar certo exagero, a consulta com um médico veterinário é muito importante, pois, além de poder ajudar no diagnóstico de alguma doença séria (aumentando as chances de tratamento e cura), também pode evitar outro problema bastante sério e que pode, em casos mais graves, levar o pet à óbito: a desidratação.

A seguir, confira algumas das causas mais comuns para a ocorrência de vômitos em cães:

Dor abdominal
O cão pode vomitar quando sente uma dor abdominal muito intensa, que pode ser causada por diferentes motivos, como insuficiência renal, torção de estômago e problemas hepáticos.

Intoxicações
Produtos químicos, como desinfetantes e artigos de limpeza, podem provocar a intoxicação do animal quando ingeridos, assim com alguns medicamentos administrados para combater parasitas no corpo do cão.

Tosse
Quando o animal tosse de maneira muito intensa, o vômito pode acontecer. Nestes casos, é importante certificar-se de que o quadro não está surgindo em função da doença chamada de traqueíte – também conhecida como a “tosse dos canis” – ou de problemas no coração, que também podem provocar tosse forte no pet.

Dieta indevida
Sabe quando você está comendo ou fazendo um churrasco e o seu cão fica todo animado, querendo experimentar? Esse tipo de ‘besteirinha’ pode fazer muito mal a ele e provocar intoxicações alimentares que levam ao vômito. Portanto, se o seu pet começar a vomitar depois de algum evento ou reunião em que queijos, pimenta, linguiças, pizzas, chocolates ou alimentos desse tipo tenham sido servidos na sua casa, é bem provável que alguém tenha deixado que o cão comesse um desses petiscos.

Doenças virais ou bacterianas
A ocorrência de vômitos dos cachorros também pode estar ligada ao aparecimento dos primeiros sintomas de alguma doença grave de origem viral ou bacteriana, como a cinomose e aparvovirose. A piometra, que consiste em uma infecção grave no útero, também pode causar o vômito em cadelas.

Fique atento aos sinais que o seu cão apresenta e clique no link para conferir opções de profissionais veterinários para o seu pet.

Fonte: Dra. Raquel Madi (CRMV – SP 20.567), Médica Veterinária formada pela Universidade Estadual de Londrina – PR e responsável pelo setor de Radiologia, Ultrassonografia e Ressonância Magnética em Hospital Veterinário de São Paulo. Dra. Madi é integrante da equipe de veterinários do portal CachorroGato.

Cachorro Gato
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade