7 eventos ao vivo

Vivienne Westwood pede para não comprar roupas por meio ano

21 set 2010
16h42
  • separator
Michelle Achkar

Que a inglesa Vivienne Westwood, 69 anos, mantém atitude punk - sobre a qual construiu o estilo de sua marca - e critica o consumo desenfreado, todo mundo sabe. Agora a estilista está levando o assunto mais a sério e fazendo propaganda contra o sistema da indústria da moda e seu próprio negócio.

Se os consumidores levassem seu apelo a sério, a coleção de inverno de Westwood seriam vendidas a preço de banana ao final da temporada
Se os consumidores levassem seu apelo a sério, a coleção de inverno de Westwood seriam vendidas a preço de banana ao final da temporada
Foto: Getty Images

Durante desfile de sua segunda linha, na temporada verão da Semana de Moda de Londres, Westwood apelou aos presentes para que não comprem nenhuma peça de roupa durante seis meses. E justificou que qualidade é mais importante do que quantidade. "Minha mensagem é escolham bem e comprem menos. Não comprem nada pelos próximos seis meses e reciclem suas roupas", disse.

Se os consumidores levassem seu apelo a sério, incluindo as personalidades como Pamela Anderson e Daisy Lowe, que assistiram ao desfile na primeira fila, a coleção de inverno de Westwood, que está chegando agora às araras do Hemisfério Norte, iria direto para as pontas de estoque e vendidas a preço de banana ao final da temporada. Como consequência, o faturamento de sua marca seria nulo até o fim do ano. Ela deve estar apostando todas suas fichas nas roupas de verão, que acabaram de ser desfiladas e só serão vendidas ano que vem.

Veja também:

Fernanda Keulla fala sobre pelinho branco da sobrancelha
Fonte: Especial para Terra
publicidade