1 evento ao vivo

Fio-dental: gringas opinam sobre o 'biquíni brasileiro'

O Terra conversou com mulheres dos Estados Unidos, Inglaterra e Canadá para saber se elas usariam a peça

5 mai 2014
14h53
atualizado em 1/7/2015 às 12h29
  • separator
  • 0
  • comentários

Ele faz mais sucesso nas praias nacionais que caipirinha, amendoim e os bronzeadores que prometem a cor perfeita para verão. Conhecido como biquíni brasileiro, o fio-dental foi criado na década de 1980 como uma evolução do modelo asa-delta, ultrapassou a barreira do tempo e continua popular entre as mulheres. Fora do País, porém, onde calcinhas larguinhas e confortáveis são mais procuradas, a peça ainda causa certo espanto e atrai olhares curiosos. “Nunca usaria um. Nunca usaria mesmo. Eu estive no Brasil duas vezes e acho que as brasileiras podem continuar a usar, mas inglesas não”, disse Danielle, de 30 anos, de Londres.

Foto: Fernanda Frozza / Terra

 

 

 

Nas praias de Cancun, o Terra conversou com sete mulheres do Canadá, Inglaterra e Estados Unidos para saber o que elas achavam sobre a peça. A pergunta gerou timidez imediata na maioria dos casos, mas a opinião se dividiu entre as entrevistadas. “Tenho muita inveja das mulheres que os usam. Gostaria que meu bumbum fosse melhor e eu pudesse vestir, mas não é. Eu simplesmente celebro o corpo das brasileiras e o fato delas usarem o estilo”, afirmou a canadense Roxy, de 38 anos. “Eu acho legal se você for jovem e estiver em forma. Se tiver um corpo legal é perfeito”, concordou Patricia, de 54 anos, também do Canadá.

“O biquíni brasileiro?”, respondeu aos risos a americana Rwanda, de 41 anos, que acredita já ter passado da idade de usar a peça. Além dela, a canadense Brianna, de 20 anos, também ficou em dúvida ao ouvir falar sobre o modelo. “Eu não tenho certeza do que é. É o fio-dental?”, questionou ela, que não se sente confortável para usá-lo apesar de ser dona de curvas de dar inveja. “Eu não sou uma fã, mas se você e seu corpo conseguirem usar, tudo bem”.

Por outro lado, a tendência nacional não causou espanto para a inglesa Kate, de 22 anos. “Eles são bem pequenos, mas isso não é uma coisa ruim. Eu usaria“, contou ela com o apoio da amiga canadense Kate, de 23. “Acho muito, muito sexy. Eu quero um!”. Assista ao vídeo e veja as opiniões.

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade