PUBLICIDADE

Marmita: dicas infalíveis para preparar a sua

Se você vem enfrentando problemas com o preparo da marmita, então já separe o caderno e anote as dicas (COM VÍDEO)

25 mai 2022 14h05
| atualizado às 14h23
ver comentários
Publicidade
Além de economizar, o preparo de marmitas ajuda quem precisa manter a alimentação saudável
Além de economizar, o preparo de marmitas ajuda quem precisa manter a alimentação saudável
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Um ótimo jeito de economizar dinheiro quando se passa o dia inteiro fora de casa é produzindo a sua própria marmita. Até porque, não há bolso que aguente comer na rua todos os dias, não é mesmo? 

Porém, se você já é um adepto dessa prática, já deve ter reparado que levar certos alimentos na marmita não dá muito certo... Isso porque, determinados produtos exigem um armazenamento diferente nos potinhos.

Por isso, separamos algumas dicas que podem ajudar você a melhorar a produção de marmitas para o dia a dia. Confira a seguir:
Congelar marmita é uma ótima opção para evitar problemas de conservação dos alimentos
Congelar marmita é uma ótima opção para evitar problemas de conservação dos alimentos
Foto: Shutterstock / Alto Astral

1. Seja organizado e prepare cardápios

Quem leva marmita — seja para o trabalho ou para outros locais — precisa ter em mente que a organização é fundamental para que sua alimentação seja a melhor possível. Uma dica, por exemplo, é reservar um dia ao longo da semana para produzir todas as suas refeições de uma vez. 

O domingo, por exemplo, é um ótimo dia. Afinal, por ser dia de feira em diversos locais, é possível comprar tudo fresquinho e preparar o que você vai precisar para a semana. 

Vale lembrar que seu cardápio precisa ser variado e diverso! Então não se esqueça de levar sempre itens como saladas, proteínas e legumes, pois garantem saciedade por mais tempo e ainda são opções saudáveis!

2. Invista em bons recipientes

Com a onda de lancheiras saudáveis para os filhos, o mercado passou a se preocupar bastante com os modelos de marmita oferecidos. Como resultado, hoje em dia é cada vez mais comum ver potinhos com diversas divisórias. E, se possível, a recomendação é: invista em marmitas com esse modelo. E, se não for possível, tenha outros potes menores para separar alguns alimentos.

Essa é uma ótima forma de manter seus alimentos mais frescos e de manter sua comida com o mesmo sabor, afinal de contas, existem produtos que quando misturados interferem no sabor final da comida. 

3. Atente-se ao material de sua marmita

O potinho da marmita é a alma da alimentação fora de casa. E é exatamente por isso que é muito importante que você tenha muita atenção ao material de fabricação desses potinhos. O ideal é utilizar potes de vidro ou de plástico polipropileno, já que são mais resistentes e não contaminam o alimento com toxinas prejudiciais à saúde!

4. Use a bolsa térmica a seu favor!

O consumo de marmitas exige cuidado redobrado com conservação e armazenamento, viu? Isso mesmo! A mudança brusca de temperatura pode estragar sua refeição por conta do choque térmico. Por isso, em alguns casos, é extremamente recomendado o uso de bolsa térmica. 

Principalmente se você é uma pessoa que possui um trajeto longo para o trabalho ou se fica em um local que não tem geladeira para conservação. A dica é utilizar placas de gelo para manter o alimento na mesma temperatura. Outra possibilidade é ter aqueles gelos de silicone que são reutilizáveis e não derretem. 

5. Deixe seus "toques especiais" para a hora de comer

Essa dica vale para molhos de salada, batata palha, queijo ralado e outros temperos que dão aquele toque especial na marmita! Deixe para acrescentá-los na comida somente na hora de consumi-los, tudo bem?

Isso porque, quando eles são adicionados antes na marmita, existe o risco de deixarem a salada murcha, além de impregnarem em outros alimentos. Então, o melhor jeito de manter tudo fresquinho é adicionando na hora.

Confira agora um vídeo com mais informações sobre marmitas:

Fonte: Guia da Cozinha

Alto Astral
Publicidade
Publicidade