PUBLICIDADE

Burnout no Mapa Astral: descubra se você tem tendência ao trabalho excessivo

Entenda a relação do cansaço trazido pelo trabalho com a Astrologia

21 jul 2022 - 09h42
Ver comentários
Publicidade
Burnout no Mapa Astral
Burnout no Mapa Astral
Foto: Unsplash / Personare

Estáse sentindo exausto, trabalhando demais e sofrendo com isso? Saiba que isso pode ser circunstancial ou não. Alguns de nós trazemos indicativos no Mapa Astral de tendência ao trabalho excessivo — ou o tão falado atualmente Burnout. Neste artigo, a gente explica como ver indicativos de Burnout no Mapa Astral.

O que é Burnout?

Por definição, Burnout é a síndrome do esgotamento profissional. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o Burnout está associado a estresse crônico associado ao trabalho, ao sentimento de esgotamento físico e emocional, a falta de energia e vitalidade, ao pessimismo e a redução da nossa eficiência profissional. Leia mais aqui sobre os efeitos do Burnout.

Embora existam intervenções, inclusive medicamentosas, para tratar o Burnout, a melhor forma de lidar com o problema é prevenindo-o. Por nunca sabermos quando fomos longe demais - e que tão longe demais fomos - é importante evitar que o Burnout se instale.

E a maneira mais eficiente de faze-lo é adotando rotinas que priorizem o equilíbrio entre diferentes áreas de nossas vidas. Técnicas de gerenciamento de estresse, que incluem meditação e mindfulness, satisfação com o ambiente de trabalho, se sentir valorizado profissionalmente, tempo de qualidade com a família/filhos, tempo de lazer e tempo livre fazem parte do combo de prevenção.

Anota aí: quando falamos de Burnout, o custo de tratar pode ser infinitamente maior do que o de prevenir, tanto para o empregado quanto para a empresa. Nesse sentido, a Astrologia pode ser uma ferramenta, por lidar com o autoconhecimento, muito poderosa, além de um acompanhamento terapêutico e médico.

Burnout no Mapa Astral

Sim, alguns de nós trazemos indicativos no Mapa Natal de tendência ao trabalho excessivo. Lembrando que o Mapa Astral é uma fotografia do céu no momento em que nascemos.

A data, o lugar e a hora de nascimento são fundamentais, porque determinarão a divisão das casas, signos e planetas no mapa. Esse conjunto de informações determinarão seus potenciais e suas características.

E apesar de grande parte da interpretação de um mapa se centrar nas análises do Sol, Lua e Ascendente, os ângulos do mapa são fundamentais para entender a estrutura de uma personalidade, como ela se formou, o que a sustenta, e como ela funciona.

Essa análise não tem data de validade e não muda com o passar do tempo, uma vez que o posicionamento dos astros no céu no momento do seu nascimento sempre será o mesmo.

Quando falamos em Burnout, é interessante observar alguns posicionamentos no seu Mapa Astral. Se você ainda não tem ou não recorda, faça aqui gratuitamente o seu Mapa Astral.

Pontos de atenção de Burnout no Mapa Astral:

  • Aspectos tensos entre Lua e Saturno (para mulheres) e entre Sol e Saturno (para homens) pode indicar tendência a se sobrecarregar e a querer se provar constantemente, mesmo quando não é necessário.
  • A presença de Saturno na casa do trabalho (6) ou da carreira (10) pode levar a uma responsabilidade acentuada em relação a obrigações públicas ou profissionais que mais cedo ou mais tarde nos passam fatura. Entenda aqui o significado das casas astrológicas no mapa astral.
  • Planetas como Netuno ou Júpiter na casa 6 (da rotina, do ambiente de trabalho e do corpo físico) também podem nos levar a não termos consciência dos limites do nosso corpo e da nossa energia, levando-nos eventualmente a exaustão.

O post Burnout no Mapa Astral: descubra se você tem tendência ao trabalho excessivo apareceu primeiro em Personare.

Marcia Fervienza (info@marciafervienza.com)

- Astróloga há mais de 15 anos e psicóloga, atua como colaboradora em Astrologia para diversas revistas e possui trabalhos publicados em vários países. Oferece atendimentos astrológicos.

Personare
Publicidade
Publicidade