0

Confederação Brasileira de Ginástica presta homenagem pelo Dia das Mães

10 mai 2020
17h32
atualizado em 12/5/2020 às 16h15
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Confederação Brasileira de Ginástica prestou uma homenagem neste domingo pelo Dia das Mães. A entidade contou a história das mães de três atletas do País para representar o dia especial.

Roseli Domingos, mãe de Bárbara, que faz parte da equipe brasileira de Ginástica Rítmica, teve que ter jogo de cintura para acompanhar três filhos no esporte. Além da ginasta, ela teve uma filha, Graciele, que praticava atletismo, e um filho, Vinícius, que até ano passado tentou uma carreira no futebol. E para todos mostrou seu mais absoluto apoio. "Aos sábados era uma loucura. Tinha que levar a Bárbara ao treino, dava um pulo na pista para acompanhar a Graciele e à tarde ia ao estádio para torcer pelo Vinícius", conta Roseli.

Conjunto do Brasil ficou com a medalha de bronze na ginástica rítmica. Nicole é a segunda da direita para a esquerda.

Foi por conta do sonho da filha em ser atleta profissional que a família se mudou de Piracicaba, no interior de São Paulo, para Londrina, no Paraná. Uma mudança de 470 quilômetros. Tudo porque Nicole foi selecionada para treinar na cidade.  "Eu me sinto muito honrada por ter uma filha tão batalhadora, dedicada e persistente", diz Simone. Atualmente, a família Pircio já tem planos de se mudar para Aracaju. A capital sergipana é a cidade em que fica o Centro de Treinamento utilizado pela Seleção Brasileira de conjunto de Ginástica Rítmica.

Veja também:

De andador, veterano de guerra de 99 anos arrecada milhões para saúde pública britânica
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade