PUBLICIDADE

Nutrólogo revela alimentos que melhoram a função hormonal

Nutrólogo explica qual o impacto dos hormônios em nosso organismo e revela quais alimentos ajudam no equilíbrio hormonal

10 out 2022 - 13h07
(atualizado às 17h25)
Compartilhar
Exibir comentários
Alimentação pode regular os hormônios e aumentar bem estar
Alimentação pode regular os hormônios e aumentar bem estar
Foto: Shutterstock / Sport Life

Os hormônios são essenciais para o nosso bem-estar, já que controlam muitas funções no nosso corpo, como humor, energia, sono, metabolismo, comportamento social, sistema imunológico e inflamações. Por isso, manter o equilíbrio hormonal é importante não apenas para a saúde e reprodução sexual, mas para a harmonia de quase todas as funções do corpo.

Sintomas do desequilíbrio hormonal

Aliás, especialistas alertam, que diabetes, perda de peso, infertilidade, ossos fracos e outros problemas de saúde podem se manifestar quando os hormônios ficam fora de controle. O médico nutrólogo Dr. Ronan Araujo cita alguns dos sintomas que podem indicar desequilíbrios hormonais, são eles:

  • Dificuldades para dormir;
  • Pele oleosa e acne;
  • Memória fraca;
  • Mal-estar;
  • Cansaço excessivo e fadiga;
  • Alterações de humor;
  • Ganho de peso sem causa aparente;
  • Dores frequentes de cabeça;
  • Falta de libido.

"Vale lembrar, que apenas um especialista pode te orientar e fornecer orientações precisas. Por isso, caso apresente alguns dos sintomas, desconfie e busque um médico para realizar exames, verificar seus níveis hormonais e indicar uma reposição hormonal ou o melhor tratamento para o seu caso." afirma o médico Ronan Araujo.

Como manter os hormônios em harmonia

São diversas as formas de manter os hormônios controlados e equilibrados. Entre elas, está a prática de exercícios, a redução do estresse, a melhora da qualidade do sono e até mesmo a reposição hormonal. No entanto, balancear a alimentação e manter um cardápio saudável pode ser uma forma extremamente eficaz de equilibrar os níveis hormonais.

O Dr. Ronan Araujo lista algumas dicas de alimentos que, se consumidos em quantidade controlada, trazem ótimos benefícios para o equilíbrio hormonal. Você pode optar por inserir na sua dieta:

Brócolis

O brócolis é rico em ferro, antioxidantes, fibras e outras substâncias importantes. "Outro ponto interessante é que ele também é uma fonte importante de cromo - um mineral que ajuda a impulsionar o hipotálamo, parte do cérebro responsável pelo bom funcionamento da maior parte dos hormônios. Além disso, o cromo também favorece o metabolismo da glicose, auxiliando a função da insulina", explica o especialista.

Além do brócolis, o Dr. Ronan indica o consumo de cenoura, batata, banana, feijão, aveia, quinoa, nozes, amêndoas e avelãs.

Vegetais folhosos verdes e vegetais de raiz

Alimentos como couve, espinafre, repolho, aipo, beterraba, gengibre, rabanete, e cebola possuem propriedades antioxidantes e possuem altos níveis de potássio, fósforo, magnésio e ferro. "Todas essas substâncias são essenciais para o bom funcionamento do organismo e dos hormônios", afirma o médico.

Óleos saudáveis

O nutrólogo afirma que alguns óleos saudáveis, como o de coco e o azeite extravirgem, são excelentes opções para adicionar na dieta. Além disso, batata-doce, abacate, oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas) e alimentos ricos em Ômega-3, como o salmão, são ótimas opções para controlar o açúcar no organismo. Esses alimentos também são ricos em fibras, vitaminas e minerais fundamentais para o organismo.

Probióticos e prebióticos

Hormônios instáveis podem afetar a barreira intestinal e o microbioma, causando problemas de inflamação descontrolados. Por isso, o consumo de alimentos probióticos fermentados, como iogurte e chucrute, e alimentos prebióticos, como banana, aspargos e cogumelos shiitake, podem ajudar. Isso porque eles proporcionam o equilíbrio do intestino e dos hormônios, como aponta o médico Dr. Ronan Araujo.

Sport Life
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade