PUBLICIDADE

Eleito o pior dos EUA, prato tem 1.320 calorias; conheça

Refeição composta por peixe e anéis de cebola foi eleita como a mais prejudicial à saúde no país, com 16 vezes mais gordura trans do que o recomendado

3 jul 2013 18h09
| atualizado às 18h19
ver comentários
Publicidade
Centro pretende processar rede de alimentos caso não adote padrões mais saudáveis
Centro pretende processar rede de alimentos caso não adote padrões mais saudáveis
Foto: Divulgação

A refeição composta por peixe frito e anéis de cebola do restaurante Long John Silver's, chamada Big Catch, foi considerada a pior dos Estados Unidos por um centro de estudos de nutrição e saúde pública, o Centro para a Ciência no Interesse Público (CSPI). O prato contém 33 g de gordura trans, 19 g de gorduras saturadas, 1.320 calorias e 3.700 miligramas de sódio. A composição é um prato cheio para o entupimento de artérias, segundo o Centro.

A American Heart Association recomenda o consumo de, no máximo, 2 g de gordura trans por dia, no entanto, a refeição tem 16 vezes mais a quantidade recomendada e o dobro do considerado o pior prato do KFC, que tinha 15 g de gordura trans antes de uma ação judicial de 2006 obrigasse a rede a parar de usar óleo parcialmente hidrogenado. De acordo com o diretor-executivo do CSPI, Michael Jacobson, o restaurante destruiu um prato que podia ser saudável.

A maioria das redes de restaurante parou de usar óleo parcialmente hidrogenado, em resposta a má publicidade sobre os prejuízos à saúde. "A gordura trans de óleo parcialmente hidrogenado é uma substância prejudicial que aumenta o colesterol ruim, diminui o colesterol bom, e prejudica as células que revestem os vasos sanguíneos", disse Walter C. Willett, presidente do departamento de nutrição da Escola de Saúde Pública de Harvard.

A rede Long John Silver lançou o "Big Catch" em maio, descrevendo o prato como "o maior peixe já oferecido, capturado nas águas geladas do Atlântico Norte". No entanto, inspetores do CSPI descobriram que boa parte do peixe é formada por massa encharcada de óleo. O CSPI informou que pretende processar a rede de restaurantes se ela continuar utilizando óleo parcialmente hidrogenado, a mentir sobre a quantidade de peixe na refeição e as informações nutricionais dos acompanhamentos.

<a data-cke-saved-href="http://culinaria.terra.com.br/infograficos/50-melhores-restaurantes-mundo/iframe.htm" href="http://culinaria.terra.com.br/infograficos/50-melhores-restaurantes-mundo/iframe.htm">veja o infográfico</a>

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade