PUBLICIDADE

Aromaterapia para mães e filhos: dicas de óleos e cuidados

Óleos essenciais indicados para gestantes, bebês e crianças

6 mai 2022 12h10
ver comentários
Publicidade
Aromaterapia para mães e filhos
Aromaterapia para mães e filhos
Foto: Unsplash / Personare

Mães e filhos são um universo de cheirinhos e perfumes desde o começo: aroma de óleo de amêndoas na gravidez para evitar estrias, do gel do ultrassom, cheiros fortes que trazem enjoo, cheirinho de roupinha nova de bebê, dos móveis chegando no quartinho, do filhinho nos braços, dos talquinhos, do shampoo, do óleo…

Sem perceber, mães e filhos já praticam a Aromaterapia desde o início de sua relação. E vão deixando registros olfativos na memória um do outro sem nem perceber.

E se já temos tantos aromas que são utilizados sem intenção, imagine as maravilhas que os óleos essenciais podem trazer se escolhidos a dedo!

Aromaterapia para mães e filhos

Antes de tudo, devo dizer que a Aromaterapia, tanto para gestantes quanto para bebês e até crianças, deve ser praticada com muito comedimento, muito critério e cuidado.

Escolher óleos suaves, utilizá-los bem diluídos e preferir a aromatização de ambientes a utilizar os óleos essenciais no corpo são regras que devem ser seguidas.

Os óleos essenciais são compostos muito concentrados que podem ser tóxicos se utilizados de maneira equivocada.

Óleos essenciais para as gestantes e mamães

Para as gestantes, aconselha-se evitar o uso dos óleos essenciais até o quinto mês de gravidez (óleos vegetais, como de amêndoas e semente de uva podem ser usados, não confunda óleos vegetais com óleos essenciais).

Algumas gestantes não enfrentam problemas ao utilizar os óleos essenciais, é algo muito pessoal. Futuras mamães ficam mais sensíveis a cheiros e sensações de um modo geral, portanto poucas gotas bastam.

Dicas: Todos os óleos aqui relacionados devem ser utilizados em escaldapés (5 gotas para um recipiente cheio de água) ou aromatizadores de ambiente (3 gotinhas).

  1. Grapefruit: melhora a sensação de cansaço e enjôo, a dor de cabeça, o humor e a disposição.
  2. Óleos essencial de Lavanda: ameniza a ansiedade e o stress, melhora o sono e combate sentimentos depressivos.

As que já são mães e ainda amamentam devem continuar com as restrições acima, podem utilizar os óleos acima. As que já não amamentam podem utilizar também outros óleos, como:

  1. Óleo essencial de Ylang Ylang: tido por muitos como afrodisíaco, este óleo possui propriedades relaxantes, trabalha os medos e a autoestima. Cuidado se você tem pressão baixa.
  2. Óleo de Alecrim: para as mamães que não tem problema de pressão alta, este óleo é estimulante, antidepressivo e melhora a sensação de cansaço físico e mental.

Óleos essenciais bebês e crianças

Antes de tudo, as dosagens têm que ser mínimas; cerca de 1 ou 2 gotas no aromatizador de ambiente (escolha o seu difusor de Aromaterapia aqui) - e nada de colocar o óleo em contato com a criança sem orientação profissional, seja em óleos, banhos, etc.

Dicas: todos os óleos aqui relacionados devem ser utilizados no ambiente que a criança está.

  1. Óleos essencial de Lavanda: tranquiliza, melhora o sono, acalma os medos e traz equilíbrio. Para bebês, eu recomendo o uso de óleo de Lavanda e Camomila. Para crianças maiores pode ser usado para os mesmos fins.
  2. Laranja: traz alegria, aumenta o apetite, melhora a irritação, o mau humor e as crises nervosas.
  3. Limão: bom para a criança estudar e fazer a lição de casa, este óleo estimula a concentração e combate o stress.

Atenção: se deixar cair gotas dos óleos de Lavanda e Limão no corpo lave com água morna e tenha cuidado com o Sol, pois estes óleos mancham a pele em contato com a luz solar.

Dicas finais de Aromaterapia para mães e filhos

Nunca é demais lembrar as mamães de manterem os frascos de óleo essencial longe das curiosas crianças, já que o óleo essencial é super concentrado e pode provocar queimaduras quando em contato direto com a pele e ser tóxico se utilizado sem critérios.

Enfim, por mais que existam milhares de aromas maravilhosos e medicinais na natureza e por mais que tenhamos todas as técnicas e facilidades da Aromaterapia, não há nada melhor para o filho do que o cheiro da mãe, e nada melhor para a mãe do que o cheiro do filho.

Esse é o aroma essencial para trabalhar o amor, a evolução, a generosidade, o carinho, o equilíbrio e a esperança. Pratique!

O post Aromaterapia para mães e filhos: dicas de óleos e cuidados apareceu primeiro em Personare.

Melissa Mell (melissa.mercuriana@gmail.com)

- Taróloga há mais de 15 anos, Melissa Mell é Terapeuta Holística e formada em Psicologia. Trabalha com Aromaterapia, Aromacologia, Fitoterapia, Fitoenergia e Cristais. Realiza leituras e atendimentos online.

Personare
Publicidade
Publicidade