PUBLICIDADE

Apesar de oleosa, pele negra também sofre com ressecamento

3 dez 2013 07h12
ver comentários
Publicidade

Ao contrário do que muita gente imagina, as peles negras também precisam receber uma hidratação especial. Apesar de mais resistente do que outros tipos de pele, ela tende a apresentar ressecamento e um aspecto esbranquiçado em toda a extensão corporal, incluindo regiões como braços e pernas, principalmente quando o clima está mais quente e seco. Por isso, desvende, agora, cinco mitos e verdades sobre os cuidados com esse tipo de pele para mantê-la sempre bonita, saudável e macia.

Peles negras também sofrem com o ressecamento.
Verdade.
Apesar de serem mais oleosas no rosto devido à maior concentração de glândulas sebáceas encontrada nesta região, em toda a extensão corporal, especialmente nos braços e pernas, elas tendem a ser mais ressecadas, ter aspecto esbranquiçado e descamar com facilidade.

Esfoliação ajuda a tratar o problema.
Mito.
A esfoliação não deve ser realizada de maneira alguma no corpo, pois agride ainda mais a pele e pode facilitar o surgimento de infecções, além de aumentar o próprio ressecamento devido à perda da proteção natural do tecido cutâneo, que já é deficiente.

Hidratação é fundamental.
Verdade.
Os produtos hidratantes adequados para esse tipo de pele são capazes de sanar o problema. No entanto, para isso, devem ser recomendados por um especialista, que indicará a opção ideal para o grau de hidratação necessário. As melhores soluções são as intensivas, feitas à base de lactato de amônia, ureia e ceramidas, aplicadas ao menos duas vezes por dia, após o banho e antes de dormir.

O mesmo hidratante utilizado no corpo deve ser aplicado no rosto.
Mito.
O compartilhamento do produto hidratante no rosto e no corpo não deve ser realizado em peles negras devido às diferentes características nestas duas regiões. No entanto, ainda assim, a face precisa ser hidratada com um produto adequado, pois o cosmético cria uma barreira protetora contra agressões externas, devendo ser evitado apenas se a pele for muito acneica.

Cuidados durante o banho amenizam o problema.
Verdade.
Momento importante do ritual de beleza diário, o banho - em vez de aumentar o ressecamento cutâneo – pode, na verdade, atenuá-lo. “Ao optar por sabonetes com ação hidratante e dar preferência à água morna e banhos mais curtos, a pessoa já estará tratando o problema”, explica Murilo Drummond, dermatologista e professor titular do Instituto de Pós-graduação Médica Carlos Chagas, do Rio de Janeiro. 

PURA VERDADE
Apesar de apresentar bastante oleosidade no rosto, peles com fototipo mais escuro tendem a ter o corpo mais ressecado e com aspecto esbranquiçado. Para sanar o incômodo, é necessário investir numa hidratação intensiva e diferenciar os produtos utilizados no rosto e no corpo. Evitar hábitos que agravem o problema também é essencial, como a esfoliação, ou mesmo banhos quentes e sabonetes que podem desidratá-la ainda mais. E você, como cuida de sua pele negra para mantê-la sempre hidratada? Conte nos comentários.

Fonte: Agência Hélice
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade