PUBLICIDADE

Verão chegou: fevereiro será mais quente que o normal, alerta meteorologista

Com temperaturas acima da média, especialistas recomendam reforço na proteção contra os raios solares e ingestão de água; veja cuidados

16 jan 2023 - 19h47
(atualizado em 17/1/2023 às 07h45)
Compartilhar
Exibir comentários
Veja cuidados com o corpo e a pele para curtir o verão que terá recordes de calor
Veja cuidados com o corpo e a pele para curtir o verão que terá recordes de calor
Foto: Pexels / Personare

A temporada de sol e muito calor finalmente chegou e, em algumas partes dos País, já foi possível perceber que esta será uma estação marcante. No Rio de Janeiro, os termômetros marcaram 40,3ºC no domingo, 15, e a sensação térmica bateu os 54ºC.

A previsão, de acordo com a meteorologista Josélia Pegorim, do Climatempo, é de que a temperatura fique acima da média normal em toda a região sul, no oeste do Mato Grosso, em quase todo o Mato Grosso do Sul e na maioria das áreas do Sudeste. 

"Vai ser um verão de mais calor do que o normal, especialmente no mês de fevereiro, que deve ser o mais quente da estação", aponta.

Apesar do calorão, também estão previstas pancadas de chuva em diferentes momentos do dia. Até março, deve chover bastante em São Paulo, Goiás e no sul de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. A influência do fenômeno La Niña, que estava por trás da chuvarada do verão 21/22 e da primavera de 2022 no Rio, Minas, Espírito Santo e Bahia, deve durar até fevereiro. 

'"É quando nós temos a maior disponibilidade de umidade e de calor sobre o país. Então, é muito fácil nós termos aquelas pancadas de chuva à tarde e à noite, porque temos muita umidade, muito calor disponível para formar essas nuvens carregadas", explica a especialista. 

Cuidados no verão

Com um verão tão intenso, é preciso ficar atento para certos cuidados com o corpo e a pele. A dermatologista Giovana Moraes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), alerta para o risco de queimaduras decorrentes da exposição aos raios solares. Com isso, podem surgir vermelhidão e sensibilidade na pele, bolhas de queimaduras e incômodo ao longo dos dias.

A recomendação da especialista inclui:

  • Usar e abusar dos filtros solares, aliados a bloqueadores físicos, como chapéus, guarda-sol e roupas que cubram as partes expostas;
  • Reaplicar o protetor solar a cada três horas; 
  • Se puder escolher o horário para se expor ao sol, opte pela faixa até as 10h e depois das 16h, para evitar os raios UVB.

"Uma outra coisa muito importante é lembrar do couro cabeludo, principalmente para homens que têm menos cabelo", completa a especialista.

Se, mesmo assim, você se queimar e ficar com a pele sensível, fuja das receitas "milagrosas"

"Tem muita gente que fala para passar talco, mas o mais importante é abusar da hidratação em excesso e com hidratantes dermocosméticos", diz.

Outra surpresa desagradável nesta época do ano é o aumento da incidência de acne, devido ao excesso de oleosidade, e da dermatite seborreica, a famosa descamação e coceira do couro cabeludo. Para esses casos, é preciso avaliar cada situação com um dermatologista.

Cuidados com a alimentação 

A alimentação também requer cuidado especial no período de temperaturas mais quentes. A nutricionista Fulvia Zorzi, da plataforma Personal Virtual, destaca a ingestão de ao menos dois litros de água por dia, complementando com outros líquidos.

Mas bebidas ricas em sódio, como refrigerante e bebidas alcoólicas, não são recomendadas.

"Podem causar desidratação rápida junto às altas temperaturas", explica.

Por outro lado, alimentos pesados e de difícil digestão, além de frituras, devem ficar um pouco de lado nesta época do ano. Como nosso corpo possui uma temperatura média de cerca de 36ºC, quando o tempo está frio, o organismo necessita de mais energia para manter essa temperatura. Então, quando está calor, o consumo de energia cai.

Nessas condições, ingerir alimentos gordurosos pode causar mal-estar. O ideal é ingerir alimentos refrescantes, como água de coco, chás gelados e frutas.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade