PUBLICIDADE

Com Ronaldo e Gianecchini, Cavalera realiza ritual indígena

O jogador foi ver sua namorada desfilar para a grife de Alberto Hiar; o ator fez duas entradas na passarela

13 abr 2015 - 23h39
(atualizado em 14/4/2015 às 22h34)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Alan Morici / Frame Photo

Com Ronaldo Fenômeno na plateia e sua namorada Celine Locks na passarela, ao lado de Reynaldo Gianecchini, a grife Cavalera levou ao SPFW um verdadeiro ritual indígena, da tribo Mutum, da etnia Yawanawá, à Ilha Musical situada no parque Villa Lobos, ao ar livre. Depois de uma viagem à Floresta Amazônica acreana, Alberto Hiar quis trazer para seu desfile esse ambiente ligado aos índios nesta segunfa-feira (13).  E conseguiu.

Siga Terra Estilo no Twitter

Ao ar livre sobre as gramas, com a platéia disposta num círculo, alguns sentados em esteiras, os índios mostraram uma parte do ritual Vekushi, quando a rara resina sepa, encontrada na floresta, é queimada para a purificação espiritual e para dar as boas-vindas a quem chega à região.

Foto: Alan Morici / FramePhoto

Enquanto os índios entoavam seus cânticos, Bruna Tenório abriu a apresentação com vestido jeans em dois tons e aplicações coloridas. Aliás, a cor em estampas étnicas esteve entre as principais propostas da grife, que nasceu como o DNA rock'n'roll. Claro que o preto não faltou, como no vestido com tecido transparente na tonalidade sobre forro estampado desfilado por Yasmin Brunet ou no look final de Bruna Tenório, um vestido longo, leve e transparente. Os looks de Gianecchini, convidado por Alberto Hiar por sua história de superação de um câncer, também eram escuros. O primeiro, uma calça jeans com camisa de estampa delicada; e ou outro, uma terno de modelagem ajustada.

Foto: Alan Morici / FramePhoto

De acordo com o material de divulgação da marca, Hiar há tempos queria trazer algo ligado à cultura brasileira. Em outras coleções, até mesmo os muçulmanos e os árabes já serviram de inspiração. Exatamente por isso, ele foi in loco vivenciar a cultura Yawanawá e livrar-se das energias negativas para dar um caminho à coleção, cujo nome é Kenes, que batiza os desenhos típicos e que tem significados espirituais próprios da etnia.

Parkas, bermudas, jaquetas e calças de cortes slim pontuaram a coleção masculina, que também trouxe estampas de animais, como onças. Jibóias, borboletas. A feminina apostou em vestidos. Saias minis e longas, frentes-únicas e decote profundos, tendência para a estação mais quente.

Vale lembrar que Ronaldo já assistiu a um desfile no SPFW quando namorava com Raica, ainda novata e que desfilou moda praia. Amanhã, Raica volta às passarelas para mostrar a coleção da Água de Coco. Na plateia, Marieta Severo acompanhou todo o ritual fashion.

Terra transmite ao vivo SPFW Verão 2016  

O Terra transmite, mais uma vez ao vivo e com exclusividade na web, os desfiles do São Paulo Fashion Week, entre os dias 13 e 17 de abril. A transmissão de todos os desfiles realizados no Parque Cândido Portinari, na capital paulista, está disponível inclusive para tablets, smartphones e TVs conectadas. Os usuários também podem assistir aos vídeos dos desfiles quando quiserem pelo site especial.

Entre as atrações da edição de verão de 2016 do SPFW, a mais aguardada será o desfile da Colcci na quarta-feira (15), às 20h30, quando a übermodel Gisele Bündchen deve fazer o último desfile de sua carreira, despedindo-se das passarelas.

Novas inspirações: desfile da Cavalera tem ritual indígena :

Você usaria? Veja maiôs e biquínis ousados das grifes de moda praia do SPFW Você usaria? Veja maiôs e biquínis ousados das grifes de moda praia do SPFW

Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade