PUBLICIDADE

Roupas de látex e bobes marcam 1º dia da Casa de Criadores

A 35ª edição do evento mostra as coleções para o verão 2015; para esta quinta (5) estão confirmadas a presença de Valesca Popozuda e Nicole Bahls

5 jun 2014 - 12h40
(atualizado às 12h45)
Compartilhar
Exibir comentários

A 35ª edição da Casa de Criadores, que acontece na Galeria Prestes Maia, em pleno Centro de São Paulo, aposta em vazados, pele à mostra, cores e estampas, principalmente de flores, para o verão 2015. O primeiro dia, nesta quarta (4), contou com nove desfiles (quatro do Projeto Lab e cinco do line-up principal). No styling, surgiram até rosas pretas como mordaça e bobes na cabeça. Para o segundo dia, nesta quinta-feira, estão confirmadas as presenças de Valesca Popozuda, para Walério Araújo; e Nicole Balhs, que deve desfilar com peça de R$ 500 mil para grife de roupa íntima.

Entre os destaques do primeiro dia, estão 20 peças sem costura, linha ou zíper criadas por Rober Dognani, que fez seu verão a partir de gaze de algodão misturado com látex. Os resultados foram peças moldadas uma a uma, como esculturas, ora mais amplas ora mais secas, com vazados em algumas partes. Tudo com um efeito tridimensional.

No line-up principal, a estilista Karen Feller manteve-se fiel ao estilo de criar roupas para jovens bem nascidas, com conjuntinhos leves, macacões, shorts e casaquinhos. Dessa vez, apostou em listras horizontais em azul e branco e pontuou a coleções com tons de rosa e laranja.

As flores apareceram tanto no desfile de Jason Ranieri quanto Lucas Barros, com sua marca Apto 401. Peças soltas, algumas com cinturas marcadas e saias mais amplas, assimetria na barra. Jason levou também peças masculinas, com bermudas amplas usadas com t-shirts amplas, coletes ou jaquetas que lembram camisa.   

Pelo Projeto Lab, o jovem promissor Gustavo Carvalho abriu os desfiles com uma coleção que misturou dourado e azul, e também estampas gráficas coloridas, lembrando os anos 60. A inspiração do estilista carioca, radicado em São Paulo, foi a obra de Amilcar de Castro. Para isso, trabalhou com peças desconstruídas e dobras com corte de alfaiataria. Gustavo, que tem entre suas clientes a cantora Gaby Amarantos, apresentou um bom trabalho, com calças pescador, saias, tops e vazados.

Cortes assimétricos, cores fortes como amarelo, goiaba e azul, além de patchwork de tecidos, foram o ponto forte da coleção de Gefferson Villa Nova. O estilista também trouxe peças com vazados e torcidos, deixando pele à mostra. Saia-trompete e flores pontuaram a coleção. A Gralias, também do Projeto Lab, apostou em peças amplas, cores com estampas delicadas e mistura de tecidos e padronagem. Uma das coleções mais usáveis da marca, que colocou algumas modelos com bobes na cabeça.

Homens

No line-up principal, Luiz Leite trouxe sua coleção masculina, com calças, bermudas, camisas e jaquetas com estampa camufladas e de animal print, pegando a onda militar em alta. No Projeto Lab, Igor Dadona também trabalhou com a desconstrução de peças, em tons de preto, branco e cinza, com vários efeitos bicolor. O jovem estilista andreense trabalhou com sarja resinada e resina metalizada. Apesar de o styling trazer rosas pretas como mordaças para os meninos, a maioria das peças atendem um apelo comercial do jovem, que não quer uma moda careta.

Quinta-feira - 05 de junho

Projeto Lab - 20h30

Rafael Caetano

Kauê Bueno

Tilda

Nosotros

Casa de Criadores - 21h00

Walério Araújo

Elian Gallardo

Felipe Fanaia

Arnaldo Ventura

Juss

Weider Silveiro

Sexta-feira - 06 de junho

Senac - 19h30

Casa de Criadores - 21:00

Ale Brito

Trendt

Danilo Costa

Fernando Cozendey

Novos Olhares - 22:00

Festa de Encerramento: 23:00

Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade