PUBLICIDADE

Censo 2022: 1,2 milhão de brasileiros não têm banheiro em casa

Por outro lado, o número de domicílios com mais de um banheiro exclusivo aumentou em comparação com o Censo 2010

23 fev 2024 - 14h05
(atualizado às 14h17)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
O IBGE divulgou dados sobre condições dos domicílios brasileiros no Censo 2022, revelando que 1,2 milhão de pessoas residem em casas sem banheiro.
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Cerca de 1,2 milhão de pessoas residem em casas sem nenhum tipo de banheiro, divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira, 23, com base no Censo 2022. O número equivale a 0,6% da população brasileira e está concentrado nas regiões Norte e Nordeste.

No parâmetro geral, houve um avanço significativo no número de residências com banheiros "de uso exclusivo" - aqueles que são destinados apenas aos moradores dos domicílios e seus hóspedes. Em 2022, 97,8% da população brasileira tinha acesso a um banheiro de uso exclusivo em casa --ou 197,5 milhões de pessoas.

As regiões Norte e Nordeste foram as que tiveram maior crescimento percentual no número de domicílios com banheiro de uso exclusivo.

  • No Censo 2010, 75,5% da população do Norte tinha acesso a um banheiro de uso exclusivo. O percentual saltou para 90,5%.
  • No Censo 2010, 83,4% da população do Nordeste tinha acesso a um banheiro de uso exclusivo. O percentual saltou para 95,3%.

Ainda assim, essas duas regiões ainda têm percentuais abaixo do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, que se mantêm acima da média nacional. Os estados do Piauí (5%),  Acre (3,8%) e Maranhão (3,8%) foram as unidades da federação com as taxas mais elevadas de domicílios onde não existem banheiros, sanitários ou buracos para evacuações.

Foto: Agência de Notícias IBGE

A situação é ainda mais alarmante em 24 municípios brasileiros, em que menos da metade da população tinha acesso a banheiro de uso exclusivo. Por outro lado, em 415 municípios todos os domicílios particulares permanentes ocupados recenseados possuíam banheiro de uso exclusivo.

Ainda olhando para essa outra parcela da população, tem aumentado o número de residências com mais de um banheiro. "Em 2010, 71,5% dos domicílios com banheiro de uso exclusivo tinham apenas um banheiro, proporção que em 2022 caiu para 66,3%, indicando uma alta de 5,2 pontos percentuais na participação de domicílios com dois ou mais banheiros", afirma Bruno Perez, analisa da pesquisa.

IBGE divulga novo recorte do Censo 2022

Nesta sexta-feira, 23, o IBGE divulgou um panorama sobre os domicílios brasileiros. Este é um novo recorte do Censo 2022, com informações referentes à forma de abastecimento de água, destino do lixo, tipo de esgotamento sanitário, existência de banheiro ou sanitário e existência de canalização de água, permitindo uma caracterização de elementos importantes dos domicílios e das condições de vida da população.

Além da quantidade de banheiros em cada residência, o levantamento mostrou que 37,5% dos domicílios não têm acesso à rede de coleta de esgoto no Brasil. Além disso, 18,4 milhões de brasileiros não têm acesso a um sistema de coleta de lixo e fazem o descarte final em suas próprias casas ou terrenos baldios.

Quais são os 10 estados com a pior coleta de lixo do Brasil? Quais são os 10 estados com a pior coleta de lixo do Brasil?

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade