PUBLICIDADE

Discurso de John Kerry na COP28 tem ruído suspeito e viraliza na web; assista

Assessor especial dos EUA falava sobre 'emissão de gases' em Dubai quando barulho foi ouvido

5 dez 2023 - 14h09
Compartilhar
Exibir comentários
O enviado especial dos EUA, John Kerry, durante um painel na COP 28, em Dubai
O enviado especial dos EUA, John Kerry, durante um painel na COP 28, em Dubai
Foto: Foto: reprodução X

Um incidente curioso ocorreu durante uma discussão sobre emissão de gases com o enviado do presidente Joe Biden para questões de clima, John Kerry, que discursava ao lado de Beck Anderson, editora-chefe da CNN Abu Dhabi, e de Fath Birol, diretor da Agência Internacional de Energia, quando um barulho de 'pum' foi percebido.

Um vídeo tornou-se viral nas redes sociais devido ao ruído "suspeito" na Conferência sobre Mudanças Climáticas em Dubai.

No momento inusitado, Kerry expressava sua crescente militância devido à perplexidade com adultos em posições de responsabilidade que evitam agir contra elementos que causam mortes diárias.

"Estou ficando cada vez mais militante porque não entendo como adultos que estão em posição de responsabilidade podem evitar a responsabilidade de tirar aquelas coisas que matam pessoas diariamente", afirmava.

Ao finalizar esse pensamento, sua declaração foi interrompida por um aparente som de flatulência. O ruído torna-se perceptível aos 33 segundos do vídeo. Confira:

De maneira curiosa, em resposta ao ruído ou de forma notavelmente coincidente, Becky prontamente virou a cabeça para o lado e discretamente cobriu a boca e o nariz com a mão, alimentando a teoria dos internautas relacionada à "emissão de gases".

Nas redes, alguns cidadãos norte-americanos mais conservadores exigiram a demissão de Kerry devido ao momento constrangedor. No entanto, muitos internautas preferiram fazer piadas com a situação, e alguns até lembraram de uma cena do filme Corra que a Polícia Vem Aí, de 1988, na qual o personagem principal esquece de desligar o microfone da lapela ao ir ao banheiro.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade