PUBLICIDADE

Chuvas no RS: nível do Guaíba sobe para 5,20 metros, e bairro é evacuado em Porto Alegre

Além dos alagamentos, moradores precisam lidar com as temperaturas baixas, provocadas por uma frente fria

14 mai 2024 - 10h18
(atualizado às 10h44)
Compartilhar
Exibir comentários
Guaíba volta a ultrapassar marca de 5 metros e ondas são formadas em Porto Alegre:

O nível do Guaíba marcou 5,20 metros às 8h desta terça-feira, 14, e fez com que a água voltasse a atingir as ruas de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O bairro Lami, na Região Sul, foi um dos mais atingidos e precisou ser parcialmente evacuado. 

A medição é da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) e Agência Nacional de Águas (ANA), que confirmou a tendência de alta devido à chuva intensa do fim de semana. O nível voltou a subir ainda na segunda-feira, 13, e por causa dos ventos, ondulações foram registradas no rio. 

De acordo com a RBS TV, afiliada da Rede Globo, o Lami precisou ser parcialmente evacuado e equipes do Corpo de Bombeiros da região foram acionadas para fazer a remoção das famílias. O Terra tentou contato com a prefeitura para questionar quantas pessoas precisaram ser retiradas de suas casas e para onde foram levadas, mas até o momento, não teve retorno. 

Rua desmorona após chuva em Gramado, no Rio Grande do Sul :

"Nosso apelo é que as pessoas ainda não retornem para casa devido às previsões de aumento do nível do Guaíba", pediu a prefeitura ainda na segunda. Projeções da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) apontam que a água ainda pode chegar a 5,50 metros e superar o nível da última semana, batendo um novo recorde. 

No último dia 5, o rio chegou a 5,3 metros, quando o recorde anterior era 4,75 metros, registrado em 1941. Esse pode ser classificado como o maior desastre climático do Rio Grande do Sul na história. 

Em meio à inundação, os moradores também precisam lidar com o frio, devido a chegada de uma frente fria na região. Os termômetros registraram 10 graus nesta manhã, de acordo com a prefeitura, e a previsão é de que a máxima atinja 18 graus ao longo do dia. 

As equipes da prefeitura seguem nas ruas, atuando no resgate e encaminhando pessoas para os abrigos. Até a noite de segunda-feira, 13, eram 13.688 acolhidos em 159 estruturas emergenciais.

Como doar roupas para as vítimas do Rio Grande do Sul Como doar roupas para as vítimas do Rio Grande do Sul

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade