PUBLICIDADE

F1 confirma calendário da temporada 2022 com 23 corridas

A temporada será a maior da história da categoria. Maior novidade será a corrida em Miami, nos Estados Unidos

15 out 2021 13h43
| atualizado às 14h02
ver comentários
Publicidade
Carros de 2021 alinhados no circuito de Sakhir, no Barein. Pista abrirá temporada 2022.
Carros de 2021 alinhados no circuito de Sakhir, no Barein. Pista abrirá temporada 2022.
Foto: FIA / Twitter

O Conselho da FIA aprovou o calendário da temporada de 2022 da Fórmula 1. Com isso, a notícia que já havia sido antecipada pelo CEO da categoria, Stefano Domenicali, foi anunciada de forma oficial. Com 23 corridas programadas, a temporada será a maior já realizada pela categoria. O recorde atual é da temporada vigente, que se encerrará com 22 etapas. 

A maior novidade é a inclusão de uma segunda corrida nos Estados Unidos, um desejo antigo da Fórmula 1. A nova etapa, batizada de GP de Miami, será realizada em maio, em uma pista que está sendo construída no estacionamento do Estádio Hard Rock, em Miami Gardens, Flórida. O GP dos Estados Unidos segue sendo feito no Circuito das Américas, no Texas, em outubro. 

O GP da Arábia Saudita, penúltima etapa em 2021, passa a ser a segunda corrida do ano. Essa mudança, somada ao fato do Catar não entrar no calendário de 2023 (volta em 2024), faz com que o Grande Prêmio de São Paulo, realizado em Interlagos, passe a ser a penúltima corrida da temporada. 

Outra novidade é a volta dos GPs da Austrália, do Canadá, de Singapura e do Japão. Todos ficaram dois anos ausentes em razão das restrições provocadas pela pandemia. A China, por sua vez, segue de fora do calendário, cedendo lugar à Ímola mais uma vez. 

O campeonato se inicia e se encerra no Oriente Médio. A abertura será no dia 20 de março, no Barein, enquanto a rodada final acontecerá cerca de 400 quilômetros a sudeste dali, em Abu Dhabi, no dia 20 de novembro. 

A última vez que a F1 fez uma temporada nesse intervalo de tempo foi em 2010. Naquele ano, o campeonato também começou e terminou nas mesmas pistas de 2022, com a etapa do Barein em 14 de março e a de Abu Dhabi em 14 de novembro – aquela famosa corrida em que Fernando Alonso ficou preso atrás de Vitaly Petrov e Sebastian Vettel conquistou seu primeiro título. No entanto, o campeonato teve 19 corridas naquele ano, 4 a menos que o programado para 2022. 

Confira abaixo como ficou o calendário da Fórmula 1 para 2023:

O calendário da temporada 2022 da Fórmula 1
O calendário da temporada 2022 da Fórmula 1
Foto: F1 / Divulgação

 

Parabólica
Publicidade
Publicidade