PUBLICIDADE

iPhone vai ter IA, mas mercado não gostou do anúncio da Apple

Apple entra na batalha da Inteligência Artificial, mas ações caem

12 jun 2024 - 06h25
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
A Apple entrou na batalha da Inteligência Artificial Generativa com o anúncio de ferramentas para melhorar a experiência do usuário, recursos para integração de modelos de IA de terceiros, melhorias na Siri e seus aplicativos e um novo design para o app Fotos.
Foto: Reprodução

A Apple finalmente entrou oficialmente na batalha da Inteligência Artificial Generativa. Resultado? Queda nas ações! 

OK, elas tinham subido bastante em maio, pela expectativa de anúncios revolucionários. Mas o fato é que o mercado achou pouco o que foi anunciado na WWDC.

O que de fato vem aí? É pouca coisa? Vamos listar o principal:

Apple Intelligence: É um conjunto de ferramentas com IA projetadas para melhorar a experiência do usuário em vários dispositivos Apple. Este recurso estará disponível em dispositivos selecionados, incluindo o iPhone 15 Pro, 15 Pro Max, iPads e Macs com chips M1 ou mais recentes. O Apple Intelligence promete mais personalização com toda privacidade, entendendo o contexto dos usuários e sendo baseado em suas rotinas pessoais, relacionamentos e comunicações.

Integração com modelos de IA de terceiros: A Apple anunciou sua colaboração com modelos de IA de terceiros além do OpenAI, com o Gemini do Google sendo o exemplo inicial. Este movimento indica a intenção da Apple de trabalhar com vários parceiros para aprimorar suas capacidades de IA.

Integração do ChatGPT: Na Siri e em outros aplicativos da Apple, para uma experiência de usuário mais personalizada e eficiente.

Melhorias na Siri: Incluindo recursos de IA generativa e melhor compreensão contextual. 

Novos recursos de IA em aplicativos: Um novo recurso chamado InSight para o Apple TV+, que fornece nomes de atores e títulos de músicas à medida que aparecem na tela. Uma funcionalidade semelhante ao Shazam para adicionar músicas nas playlists da Apple Music. Novo design para o app Fotos, e por aí vai. 

Ferramentas para desenvolvedores: Em breve eles poderão incorporar o Apple Intelligence em seus softwares por meio de uma gama de recursos de IA adicionados aos SDKs existentes.

É pouca coisa? Não é "A REVOLUÇÃO", mas é muita coisa. O que ganha o jogo no longo prazo é execução, é a satisfação do usuário. E nesse quesito, a Apple tem sido quase sempre muito dura de bater...

(*) Alex Winetzki é CEO da Woopi e diretor de P&D do Grupo Stefanini, de soluções digitais.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade