0

Volkswagen Up muda estratégia e agora só carrega 4 pessoas

Com vendas baixíssimas, Up chega à linha 2021 reinventado: só uma versão (1.0 TSI) e homologado para quatro pessoas, mas está bem equipado

24 dez 2020
11h20
atualizado às 11h49
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Foto: VW / Divulgação

A Volkswagen tenta de tudo para salvar o Up no mercado de subcompactos. Na véspera de Natal, a marca divulgou a nova configuração do Up modelo 2021. Nem sequer se trata de uma linha, pois o carro que chegou com inúmeras (e confusas) versões em 2014, agora foi reduzido a uma versão: Xtreme 170 TSI. Não há opcionais, pois a ideia é virar o jogo e tornar a compra o mais fácil possível.

A única coisa que o cliente pode escolher no Up 2021 é a cor. Se optar pelas sólidas Preto Ninja, Branco Cristal ou Vermelho Flash, não paga adicional e o Up sai por R$ 60.090. Se quiser as metálicas Cinza Platinum ou Prata Sirius, que custam R$ 1.570, o Up passa a ter um preço de R$ 61.660. A denominação 170 TSI refere-se ao torque (arredondado para cima) do motor 1.0 turbo. 

O carro vem "completinho de fábrica”, segundo a Volkswagen, porém isso não inclui multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, mas sim o sistema de som Composition Phone, que traz quatro alto-falantes, dois tweeters e antena no teto. Também há suporte para smartphone, como sempre.

Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Foto: VW / Divulgação

Outra grande novidade do Volkswagen Up 2021 é que ele agora é homologado para apenas quatro pessoas. Há até um aviso no meio do banco traseiro indicando que o lugar não deve ser ocupado por passageiro, pois não tem sequer cinto de segurança. Com a mudança, o fabricante não precisa investir para cumprir uma nova legislação que exige cinto de três pontos para os cinco passageiros. Entra, portanto, numa nova categoria e tem menos custos na produção e comercialização do carro. Mesmo assim, o Up 2021 subiu de preço em relação ao modelo anterior.

Volkswagen Up 2021: aviso no banco traseiro que o meio não é para levar passageiro.
Volkswagen Up 2021: aviso no banco traseiro que o meio não é para levar passageiro.
Foto: VW / Divulgação

O Up Extreme 1.0 TSI modelo 2021 custa R$ 3.000 a mais do que o Up Connect 170 TSI da linha 2020, que deixou de ser produzido. A versão MPI, com motor 1.0 aspirado, que custava R$ 51.590, também saiu de catálogo. Em 2020, o Up teve seu pior ano de vendas -- isso porque a Volkswagen parou a produção do carro homologado para cinco passageiros, esperando acabar o estoque para retomar a produção com o novo Up 2021, para quatro pessoas. Talvez ainda seja possível encontrar um dos últimos Up de cinco lugares nas concessionárias.

QUEDA NAS VENDAS DO UP EM 2020
JUL AGO SET OUT NOV DEZ ANO
1.014 914 546 274 93 24 6.898

Apesar de todas essas mudanças, algumas positivas, outras negativas, o Volkswagen Up continua sendo, disparado, o melhor carro de seu segmento. Seus concorrentes são o Renault Kwid e o Fiat Mobi, que estão muito abaixo do modelo da Volkswagen em termos de segurança, eficiência e qualidade construtiva. O Volkswagen Up ganhou cinco estrelas do Latin NCAP no teste realizado em 2014. 

Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Foto: VW / Divulgação

O novo Up para quatro pessoas traz duplo airbag frontal, sistema Isofix, Top Tether, alerta sonoro e visual de não utilização do cinto de segurança, freios com ABS (antitravamento das rodas), EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem) e ESS (alerta de frenagem de emergência) além de controle de tração e luzes de condução diurna (DRL). O banco traseiro tem encosto de cabeça e cinto de segurança de três pontos para os dois passageiros.

O Up Xtreme tem uma pegada mais “aventureira” e tem bom nível de equipamentos. Destaque para direção com assistência elétrica, volante multifuncional, ar-condicionado com filtro de pólen e poeira, sensor de estacionamento traseiro, banco do motorista e coluna de direção com ajuste milimétrico de altura, computador de bordo, chave tipo canivete, alarme com comando remoto, rodas de liga leve de 15”, travas, vidros dianteiros e espelhos elétricos.

Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Foto: VW / Divulgação

Visualmente, o Up nunca provocou suspiros na passarela. Mas a Volkswagen do Brasil tenta fazer o melhor que pode com o carro concebido na Alemanha. Assim, o Up Xtreme 2021 tem faróis com máscara escurecida, faróis de neblina, friso duplo na grade dianteira, pisca-pisca nos retrovisores, maçanetas na cor do veículo, para-choque dianteiro com área central em preto brilhante, rack de teto longitudinal em “chrome effect” e tampa do porta-malas pintada em preto com abertura elétrica “push button”.

Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Foto: VW / Divulgação

O motor escolhido (felizmente) é o ótimo EA 211 1.0 TSI de três cilindros. Trata-se de um motorzinho turbo flex muito eficiente, com injeção direta de combustível, que desenvolve 101/105 cv (gasolina/etanol) e 165 Nm. O torque está 100% disponível já a partir de 1.500 rpm, o que faz do Up 1.0 TSI um ótimo carro na cidade e na estrada. É 1.0, mas parece 1.8, com aceleração de 0 a 100 km/h em bons 9,3 segundos e velocidade máxima de 183 km/h.

O câmbio é manual de cinco marchas MQ200, que é ótimo, com engates fáceis, precisos e curtos. O carro também é curto -- mede apenas 3,645 m de comprimento, o que lhe dá bastante versatilidade no uso urbano. Apesar de ser compacto, o porta-malas é bom, de 285 litros (e pode ser mais porque o banco traseiro é rebatível). A distância entre-eixos é de 2,421 m. O carro mede 1,910 m de largura e tem 1,504 m de altura.

Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Foto: VW / Divulgação

A qualidade do carro nunca foi o problema do Volkswagen Up, que merecia ter melhores vendas. Trata-se de um ótimo automóvel em sua categoria. Porém, ele sempre teve alguns problemas que impediram seu sucesso. A comunicação inicial foi pouco eficiente e distante da realidade dos brasileiros, a oferta de versões era extremamente confusa e, pior de tudo, o carro sempre foi caro. 

Agora a Volkswagen tenta de novo. Resta saber como o conservador (e desmonetizado) consumidor brasileiro irá reagir a um carro que custa R$ 60.090, carrega apenas quatro pessoas e não traz central multimídia completa.

Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Volkswagen Up Extreme 170 TSI 2021.
Foto: VW / Divulgação

Veja também:

Mercedes GLB 200, um SUV de 7 lugares com motor 1.3
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade