5 eventos ao vivo

Tesla e Volkswagen poderiam se unir, diz revista inglesa

Elon Musk, dono da Tesla, diz que conversaria sobre uma fusão; CEO do Grupo VW diz que tecnologia da Tesla lhe dá “dores de cabeça”

3 dez 2020
15h53
atualizado às 16h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Diess (Volkswagen) e Musk (Tesla) depois que o americano dirigiu o VW ID.3.
Diess (Volkswagen) e Musk (Tesla) depois que o americano dirigiu o VW ID.3.
Foto: VW / Divulgação

A Tesla e o Grupo Volkswagen estariam em rota de… fusão! Esta possibilidade foi divulgada pela revista inglesa Auto Express esta semana. Segundo artigo assinado pelo jornalista Hugo Griffiths, “há sentido na perspectiva de uma fusão entre o fabricante de EV Tesla e o Grupo Volkswagen”. Com as regras de emissões de carbono cada vez mais rígidas, a Volkswagen tem urgência no assunto.

Há dois dias, a Volkswagen comprou 50% da chinesa JAC Motors justamente para reduzir suas emissões de carbono. Além disso, fusão de marcas automotivas não são novidade -- recentemente, os grupos FCA (Fiat Chrysler) e PSA (Peugeot Citroën) se uniram para criar a Stellantis, que reuniu 14 empresas individuais, entre elas a Maserati e a Opel.

Linha de carros elétricos da Tesla: empresa visionária tem o maior valor de mercado do mundo.
Linha de carros elétricos da Tesla: empresa visionária tem o maior valor de mercado do mundo.
Foto: Tesla / Divulgação

Um recente estudo da consultoria Jato Dynamics indica que a emissão média de CO2 da frota da Volkswagen em março deste ano era de 123,6 g/km, um número distante da meta de 95 g/km estabelecido pela Comissão Europeia para 2021. Os fabricantes de automóveis que não cumprirem e meta de 95 g/km pagarão multas pesadas.

Segundo o artigo da Auto Express, a FCA já chegou a pagar para a Tesla para poder “agrupar” suas emissões, para compensar possíveis penalidades. “Uma parceria VW/Tesla provavelmente teria um impacto significativo nas emissões da frota do Grupo Volkswagen”, escreve Griffiths. “O Grupo VW, enquanto isso, poderia aplicar seu know-how de produção em massa quase inigualável aos carros da Tesla.”

Elon Musk dirigiu o Volkswagen ID.3 e disse que conversaria sobre fusão.
Elon Musk dirigiu o Volkswagen ID.3 e disse que conversaria sobre fusão.
Foto: VW / Divulgação

O negócio, aparentemente, seria bom para os dois lados. Recentemente, o chefe da Tesla, Elon Musk, disse: “Definitivamente, não vamos lançar uma aquisição hostil, mas se alguém dissesse que seria uma boa ideia nos fundir com a Tesla, teríamos esta conversa”. Já o chefe do Grupo Volkswagen, Herbert Diess, esteve reunido com Elon Musk este ano para que o executivo americano pudesse dirigir o novo elétrico ID.3 da VW. Ele disse que não há acordo ou cooperação em andamento, mas admitiu que a liderança tecnológica da Tesla lhe dá “dores de cabeça”, segundo a revista Automobilwoche (braço alemão da Automotive News).

Segundo a Automobilwoche, Diess afirmou: “O que mais me preocupa são as capacidades dos sistemas de assistência. 500.000 Teslas funcionam como uma rede neural que coleta dados continuamente e fornece ao cliente uma nova experiência de direção a cada 14 dias com propriedades aprimoradas. Nenhum outro fabricante de automóveis pode fazer isso hoje”.

Volkswagen fechou o departamento de automobilismo para se dedicar aos carros elétricos.
Volkswagen fechou o departamento de automobilismo para se dedicar aos carros elétricos.
Foto: VW / Divulgação

Recentemente, a Tesla foi considerada a montadora de carros mais valiosa do mundo no mercado de ações, ultrapassando a Toyota. Como cada ação valendo mais de US$ 1.000, a Tesla foi avaliada em US$ 190,1 bilhões, contra US$ 179,3 bilhões da Toyota e US$ 85,9 bilhões da Volkswagen.

Auto Express acrescenta que a Volkswagen interrompeu todas nas suas atividades de automobilismo para racionalizar os recursos, realocando toda a equipe da Volkswagen Motorsport na principal empresa Volkswagen AG. A Tesla, por sua vez, está transbordando de dinheiro, devido ao preço das ações.

Volkswagen ID.4 tem ganhado atenção especial do fabricante alemão.
Volkswagen ID.4 tem ganhado atenção especial do fabricante alemão.
Foto: VW / Divulgação

“A especulação de uma fusão entre a Volkswagen e a Tesla é apenas isso, e é possível que esses sinais sejam incidentais e nada signifiquem”, conclui Hugo Griffiths em seu artigo. “Mas se for anunciada uma fusão entre o fabricante de automóveis mais valioso do mundo e o maior fabricante em volume, você leu aqui primeiro.” A Tesla e o Grupo Volkswagen não quiseram comentar a análise da Auto Express.

 

Veja também:

Mercedes GLB 200, um SUV de 7 lugares com motor 1.3
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade