PUBLICIDADE

Saiba quais carros usados mais valorizaram em 2021

Levantamento da InstaCarro revela que carros usados ou seminovos chegam a ser vendidos por preços até 33% acima da tabela FIPE em setembro

19 out 2021 05h00
| atualizado às 07h13
ver comentários
Publicidade
Hyundai Tucson 2018: valorização de 33,5%
Hyundai Tucson 2018: valorização de 33,5%
Foto: Hyundai/Divulgação

A crise dos semicondutores tem valorizado cada vez mais o mercado de automóveis usados e seminovos em 2021. Para suprir a falta de novos no mercado e com a demanda em alta, há modelos valorizados em até 33% na InstaCarro, plataforma que auxilia a venda de veículos usados ou seminovos. Fundada em 2015, a startup conta com uma base de mais de 4 mil compradores.

"Para se ter uma ideia, a relação entre a venda de carros usados e novos está no ponto mais alto de toda a série histórica realizada desde 2004 pelo Bradesco. Para cada automóvel zero km vendido no ano, foram comercializados 6,5 usados", afirma o CEO da InstaCarro, Luca Cafici.

Em setembro, a plataforma, que apura mensalmente as maiores valorizações em relação à tabela FIPE dos veículos negociados por ela, identificou o Hyundai Tucson 2018 com uma valorização de 33,5%, despontando como primeiro lugar em um ranking de 10. O Chevrolet Tracker 2021 valorizou 12,88%, ocupando a segunda colocação, seguido da Mitsubishi L200 Triton 2018, com 10,3%.

POS.CARROVALORIZAÇÃO
Hyundai Tucson 201833,5%
Chevrolet Tracker 202112,88%
Mitsubishi L200 Triton 201810,3%
Mercedes-Benz GLA 250 20159,5%
Volkswagen Fox 20228,7%
Fiat Marea 20028,5%
Volkswagen Saveiro 20158%
Volkswagen Polo 20207,9%
Volkswagen Cross Up 20197,5%
10ºFiat Strada 20217,4%

Dentre os possíveis motivos para esse comportamento atípico do mercado, estão fatores como os reflexos do aumentos dos custos e do câmbio da moeda. Além disso, soma-se o desequilíbrio entre oferta e demanda tanto de unidades novas quanto usadas. Os impactos da pandemia no fornecimento de matéria-prima para a produção de veículos já forçaram a paralisação das linhas de montagem de diversas montadoras não somente no Brasil, como em escala global.

Chevrolet Tracker: 12,88% acima da Fipe
Chevrolet Tracker: 12,88% acima da Fipe
Foto: Chevrolet/Divulgação

 

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade