PUBLICIDADE

Preço da gasolina muda relação dos brasileiros com o carro

Pesquisa da Webmotors revela que mais de 30% dos entrevistados mudaram a forma como se locomovem devido ao preço do combustível

27 set 2021 19h16
| atualizado em 28/9/2021 às 07h00
ver comentários
Publicidade
Estudo revela mudança na forma de locomoção dos brasileiros.
Estudo revela mudança na forma de locomoção dos brasileiros.
Foto: Reprodução

A alta no preço dos combustíveis tem mudado os hábitos de locomoção do brasileiro. É o que indica uma pesquisa realizada pelo Webmotors Auto Insights, plataforma de notícias, dados e informações sobre o mercado automotivo. Segundo o estudo, 31% dos 3.868 respondentes afirmaram ter alterado a rotina pela alta de preços e mudaram a forma como se deslocam.

O levantamento levou em conta tanto proprietários de carros quanto de motocicletas. De acordo com a pesquisa, os proprietários de carros passaram a andar mais a pé (22%) ou optaram por investir em uma moto (21%), sendo esses dois tipos de transportes alternativos os mais citados pelos respondentes da pesquisa. Já para os donos de moto, as principais alternativas foram as opções por bicicletas (33%) e carros por aplicativos (29%).

Além das alternativas de mobilidade, o estudo também considerou várias questões sobre a preferência dos consumidores quando o tema é combustível para o veículo. Um dos pontos é a frequência de visita aos postos de combustível para abastecer o veículo. Dos entrevistados, a maioria costuma ir aos postos uma vez na semana - independente do veículo. 

Gasolina: preferida de 44% dos entrevistados.
Gasolina: preferida de 44% dos entrevistados.
Foto: Petrobras

Já quando o assunto é o rendimento do combustível, 74% dos respondentes costumam avaliar de alguma forma a qualidade do combustível antes de abastecer o veículo. Desse total, 52% dos que possuem carro e 46% dos que possuem moto contaram que fazem cálculos para validar a opção do combustível.

Entre as opções, a gasolina comum é apontada como a primeira opção para 64% dos usuários de motos e 43% dos que possuem carro (44% dos veículos em geral). Desse público, 39% acreditam que a gasolina tenha maior rendimento quando comparada a outras opções de combustível, como o etanol, que aparece na segunda posição como mais utilizado pelos brasileiros. 

Entre os consumidores que escolhem o etanol, 22% são donos de carros e outros veículos, e 6% de motos. Dentre os argumentos, o preço é um fator determinante na hora da escolha para cerca de 70% dos respondentes que optam pelo etanol. Essa escolha é confirmada segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que aponta que no acumulado deste ano até julho, o preço da gasolina já avançou 27,51%, enquanto o do diesel 25,78%.

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade