PUBLICIDADE

Novo Renault Zoe, melhor em tudo, estreia no Brasil

Totalmente renovado, Renault Zoe, o carro elétrico mais vendido da Europa, agora roda 385 km com uma carga. Assinatura custa R$ 3.890

22 abr 2021
0comentários
Publicidade
Novo Renault Zoe E-Tech.
Novo Renault Zoe E-Tech.
Foto: Renault

A nova geração do Renault Zoe, carro totalmente elétrico mais vendido na Europa, já está à venda no Brasil. Agora batizado de Zoe E-Tech, o hatch compacto francês tem novo motor, nova bateria e é produzido sobre uma nova plataforma eletrônica. Com isso, o veículo melhorou em todos os sentidos. O carro vem importado de Flins, na França.

O Renault Zoe evoluiu de forma extraordinária. O novo motor R135 entrega 135 cv de potência e 245 Nm de torque. Antes, a potência era de 92 cv e o torque era de 158 Nm. Com isso, o Zoe agora é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos. A antiga geração levava 13,2 segundos para cumprir essa prova. Na retomada de 80 a 120 km/h, a melhora de tempo foi de 2 segundos.

Além de ficar bem mais ágil, o novo Renault Zoe E-Tech também conta com uma bateria mais potente, o que melhorou seu alcance. Quando chegou ao Brasil, em 2013, disponível apenas para frotistas, o Zoe tinha uma bateria de 22 kWh e uma autonomia de apenas 150 km. Em 2018, quando foi lançado para o público, o Zoe passou a ter bateria de 41 kWh e sua autonomia subiu para 300 km. Agora, a nova geração do Renault Zoe tem uma bateria de íon de lítio de 52 kWh e alcance de 385 km.

Foram 85 km de acréscimo. A Renault também aumentou a opção de carregamento. A versão de entrada do Zoe E-Tech vem com um carregador AC de 22 kW. A versão superior, entretanto, já vem com um carregamento DC de 50 kW. Assim, é possível fazer uma recarga suficiente para rodar 157 km em apenas 30 minutos. São vários tipos de cabos e carregamentos para dar opções aos clientes.

Segundo a Renault, o Zoe é o carro totalmente elétrico mais vendido do Brasil, com mais de 200 emplacamentos. Ele é o primeiro dos dois veículos prometidos pela marca para os próximos dois anos no mercado brasileiro. Um dos motivos da evolução do carro é que ele agora é montado sobre a nova plataforma eletrônica C1A, na qual a Renault investiu 280 milhões de euros (cerca de R$ 1,8 bilhão). 

Para a Renault, o novo Zoe traz renovação em design e inovação em tecnologia. O carro ganhou uma série de melhoramentos estéticos e funcionais. Os novos faróis de led, redesenhados, melhoraram a visão noturna em 75%. Os faróis de neblina também são de led. A grade inferior mescla preto e cromado. A lanterna traseira, também de led, tem traços marcantes. O Renault Zoe traz novas rodas de 16”, com acabamento polido na versão superior.

Por dentro, o painel ganhou áreas de toque macios e os bancos mesclam tecidos premium com materiais reciclados, como cintos de segurança e garrafas pet. Segundo a Renault, o Zoe tem a proposta não apenas de ser 100% elétrico, mas também de ser ecológico na construção. Por isso, o carro carrega 17,7 kg de plástico reciclável, o que dá cerca de 10% do total de plásticos utilizados (um recorde, segundo a Renault).

Novo Renault Zoe E-Tech.
Novo Renault Zoe E-Tech.
Foto: Renault

Quando fizermos uma avaliação, poderemos confirmar ou não a afirmação da Renault de que o Zoe melhorou a vida a bordo e ficou muito mais intuitivo na utilização dos equipamentos. Um desses itens seria a transmissão. O carro também tem o sistema B Mode, que permite acelerar e frear utilizando apenas o pedal do acelerador. O freio de estacionamento é elétrico, ocupando mínimo espaço no console central, e tem função Auto Hold -- o carro só anda se o motorista pisar no acelerador.

Ele também traz uma série de novos equipamentos eletrônicos, como sensor de ponto cego, câmera de ré, assistente de farol alto e alerta de ponto cego. O painel de instrumentos tem uma tela de 10”. Já a central multimídia traz um display central de 7”.

O novo Renault Zoe custa R$ 204.990 na versão Zen e R$ 219.990 na versão Intense. A nova geração traz também novas cores azul e branco. No total, são seis cores. Segundo a Renault, o custo de propriedade do novo Zoe E-Tech é um dos pontos mais atraentes do carro. Há uma economia de 25% no custo das primeiras seis revisões. 

A empresa também passa a oferecer o novo Zoe E-Tech por assinatura no plano Renault On Demand, por R$ 3.890 mensais. Por enquanto, dos mais de 200 Zoe vendidos no Brasil, 80% foram para empresas e apenas 20% para pessoas. Mas agora, com o programa de assinatura mais amplo, essa proporção deve se modificar. A Renault tem 16 lojas certificadas e especializadas no Zoe E-Tech no Brasil

Novo Renault Zoe E-Tech.
Novo Renault Zoe E-Tech.
Foto: Renault
Guia do Carro
Publicidade
Publicidade