5 eventos ao vivo

Novo Aston Martin DBS GT Zagato tem 760 cv e ouro em 3D

Marca inglesa fabricará o carro somente em par com o clássico DB4 GT Zagato. Os detalhes em ouro são impressos em 3D

8 out 2019
15h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Os brasileiros não conhecem muito bem a marca Aston Martin, que nunca fez muita fama por aqui. Mas a marca está na mente dos fãs do herói do cinema 007, ou James Bond. Agora, a Aston Martin foi além dos carros espetaculares do cinema e apresentou os dois carros no Concurso Audrain´s Newport, nos EUA. O DBS GT Zagato é uma releitura do clássico DBS Superleggera.

Dois Aston Martin, um atual e um clássico, foram apresentados nos EUA.
Dois Aston Martin, um atual e um clássico, foram apresentados nos EUA.
Foto: Divulgação

Os modelos serão vendidos somente como por 6 milhões de dólares mais impostos locais, ou seja, mais de R$ 24 milhões. Porém, apesar do preço altíssimo, ainda saem pela metade do preço de um DB4 GT Zagato original no mercado de carros clássicos. Juntos, dois Aston Martin são conhecidos como a Coleção Centenária DBZ, uma dupla exclusiva feita para comemorar os 100 anos do estúdio italiano criado em 1919 por Ugo Zagato. A relação Aston Martin-Zagato já tem 58 anos de duração.

Somente 19 pares serão produzidos. Os modelos DBS serão construídos na fábrica de Gaydon e os DB4s nas instalações da Aston Martin em Works, Newport Pagnell, na Inglaterra. Eles não serão homologados para a estrada. 

O DB4 GT Zagato seguirá o modelo do original dos anos 1960, com painéis de alumínio de bitola fina cobrindo um chassi tubular leve. Enquanto os primeiros carros eram movidos por um motor 3.7 de seis cilindros, o novo carro usa o 4.7 do DB4 GT. A potência passa de 390 cv e a transmissão manual tem apenas quatro velocidades, que aciona as rodas traseiras através de um diferencial de deslizamento limitado. 

Já o nervosíssimo Aston Martin DBS GT Zagato tem a grade com 108 peças em forma de diamante em carbono. Elas permanecem fechadas quando o motor é desligado e abrem quando o V12 é acionado. Com um aumento de 45 cv na potência em relação ao DBS Superleggera, no qual se baseia, o DBS GT Zagato entrega 760 cavalos. 

Outro detalhe é que o carro traz muito ouro. Os emblemas dianteiro e traseiro, são sólidos em ouro de 18 quilates, as correias laterais e as porcas das rodas com travamento central são em ouro anodizado. No interior, o Aston Martin traz a primeira aplicação do mundo de elementos de carbono e metal impressos em 3D, ou seja, um design de ouro interligado. O primeiro par será entregue aos seus respectivos donos com cerca de um ano de diferença -- o DB4 Zagato chega no final deste ano e o DBS GT Zagato cerca de doze meses depois, em 2020.

Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade