0

Grupo Volkswagen é o líder mundial; Stellantis seria o 4º

Ranking global de vendas de carros aponta o Grupo Volkswagen no topo, enquanto a soma da FCA e PSA colocaria Stellantis em 4º lugar

29 jan 2021
19h06
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Produção da Lamborghini na Itália: uma das marcas que compõem o Grupo Volkswagen.
Produção da Lamborghini na Itália: uma das marcas que compõem o Grupo Volkswagen.
Foto: Lamborghini / Divulgação

Saiu o ranking global de vendas de veículos leves em 2020. Segundo a consultoria Focus2Move, o Grupo Volkswagen mais uma vez é o maior fabricante de automóveis de passeio e comerciais leves. O ranking considera a soma de todas as marcas de cada grupo, mas não inclui a venda de veículos pesados (caminhões e ônibus). O Grupo Volkswagen alcançou 11,6% de participação.

Segundo a Focus2Move, “durante a última década, o cenário competitivo da indústria automotiva mudou drasticamente devido ao sucesso ou derrotas dos fabricantes em acompanhar o desenvolvimento da dinâmica do mercado, que desafia cada player em 360 graus, desde a habilidade de projetar adequadamente para cada mercado até a entrega de uma relação adequada com o cliente em qualquer parte do mundo”.

Em 2020, o Grupo Volkswagen ficou no topo do mercado, alcançando 11,6% de participação de mercado com 9,31 milhões de vendas (-14,5%). A estratégia vitoriosa do grupo para obter a 1ª posição foi administrar um grande portfólio de marcas: Volkswagen, Audi, Porsche, Seat, Skoda, Bentley, Lamborghini, Bugatti. As vendas dos caminhões Volkswagen, Man e Scania não estão computadas aqui.

O Grupo Toyota ficou na 2ª  posição, com 8,90 milhões de vendas registradas em 2020, aumentando sua participação em 0,1% e atingindo 11,1%, porém com uma perda 12% nas vendas. O grupo é formado pelas marcas Toyota, Lexus e Daihatsu. 

A 3ª posição foi ocupada pela Aliança Renault Nissan com 7,95 milhões de unidades vendidas (-20,5%), seguida pelo grupo Hyundai-Kia, alcançando a 4ª posição, já que sua pátria-mãe, a Coreia do Sul, respondeu com sucesso à pandemia de coronavírus, com vendas de 6,52 milhões (-10,4%). Portanto, a dobradinha Hyundai-Kia foi a que teve a melhor retenção no top 10.

Volkswagen Golf é sempre um best-seller, carregando a marca-mãe do grupo campeão.
Volkswagen Golf é sempre um best-seller, carregando a marca-mãe do grupo campeão.
Foto: Volkswagen / Divulgação

Atrás, a General Motors em 2020 permaneceu na 5ª colocação, perdendo 13,2% em relação ao ano passado, com vendas de 6,26 milhões de unidades. Em 2010, a GM foi líder global, após liderar o mundo por décadas, graças a um enorme portfólio de marcas. No entanto, a maioria das vendas da GM não era lucrativa e era um gigante de argila, não muito longe da falência. Na última década, a GM reduziu os territórios cobertos e as marcas (vendendo a Opel para a PSA, hoje Stellanis) e focando na marca Chevrolet.

Depois disso veio a Honda Motor na 6ª posição com 4,50 milhões de vendas (-14,1%). Atrás, o grupo Ford, na 7ª colocação com 4,15 milhões (-18,3%).

Já a Stellantis, que surgiu da fusão entre a FCA e a PSA, combinará os atuais 8º e 9º maiores fabricantes e deverá gerar o 4º maior grupo em nível global, com uma participação de mercado combinada de 8,5%. Como a fusão se tornou oficial somente em 16 de janeiro de 2021, a consultoria considerou suas vendas separadamente em 2020. Portanto, a FCA vendeu 3,90 milhões (-16,8%) e a PSA vendeu 2,91 milhões (-22%) milhões.

Fechando as top 10 montadoras globais encontramos a Mercedes Daimler, com vendas em 2020 de 2,55 milhões de unidades (-12,2%).

Veja também:

Novo Nissan Kicks 2022 dá um salto de qualidade
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade