5 eventos ao vivo

Gol e Uno na hora da verdade: nova geração ou morte lenta

Volkswagen Gol e Fiat Uno chegam à hora de verdade em 2021: renovar totalmente ou morrer lentamente. Analisamos o panorama dos dois carros

2 jan 2021
07h00
atualizado em 3/1/2021 às 10h15
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Nova geração do Fiat Uno deve seguir a linha do Fiat Panda, baseada no conceito Centoventi.
Nova geração do Fiat Uno deve seguir a linha do Fiat Panda, baseada no conceito Centoventi.
Foto: Reprodução

Que futuro terão o Volkswagen Gol e o Fiat Uno? Os dois carros teriam novas gerações confirmadas em 2021, mas a pandemia de coronavírus congelou, adiou ou até mesmo matou alguns projetos da indústria automobilística. Ninguém sabe ao certo se os projetos de renovação do Gol e do Uno foram mantidos, pois o mercado de carros se tornou muito diferente do que tendia a ser antes da pandemia.

Apesar de diferente, o cenário está mais claro para a indústria automobilística, de forma que o próximo ciclo de investimentos deve ser confirmado ainda em 2021. Os dois casos têm algumas semelhanças, mas as particularidades de cada um podem proporcionar desfechos diferentes.

 A atual geração do Volkswagen Gol foi lançada em 2008 e já passou por dois facelifts (2012 e 2016). Ele ainda vende bem, é o 5º carro mais vendido do Brasil, mas 76% de seus 70 mil emplacamentos vieram das vendas diretas (para frotistas, motoristas de aplicativos, micro-empresários etc). O futuro do Gol também impacta diretamente no futuro do sedã Voyage e da picape Saveiro. 

Já o Fiat Uno, que permanece igual ao que foi lançado na segunda geração, em 2010, emplacou apenas 22,8 mil unidades este ano e ocupa o 29º lugar no ranking. O único carro que depende do Uno é o furgão Fiorino, que é o 7º comercial leve mais vendido do país e registrou quase 18 mil emplacamentos.

Há poucas informações sobre o design do novo Gol, mas alguns designers mostram suas ideias.
Há poucas informações sobre o design do novo Gol, mas alguns designers mostram suas ideias.
Foto: Renato Aspromonte / OverboostBR

Em relação ao Gol, não há informações confiáveis sobre como será o novo carro. Como a Volkswagen fabrica o Polo no Brasil, não há um carro europeu para inspirar os designers. Mesmo assim, alguns imaginam como será o novo Gol, como Renato Aspromonte, do OverboostBR. Na verdade, como aconteceu com o Nivus, a nova geração do Volkswagen Gol deve ser um projeto concebido em São Bernardo do Campo (SP), para atender mercados emergentes, como Brasil e Argentina, mas também outros países, talvez até europeus. 

O novo Volkswagen Gol também terá a missão de ser o carro de entrada da marca, coisa que o Up não consegue ser. Vale dizer que o Up perdeu a liderança do segmento de “minicarros” na Europa, caindo para 6º lugar. Por terem ficado defasados, Gol e Voyage só conseguem atender frotistas e motoristas de aplicativos. Se a Volkswagen optar por manter essa estratégia por muito tempo, o Gol vai se tornar uma espécie de Kombi e morrer lentamente, porém dando lucros à montadora.

Na Europa, novo Fiat Panda será elétrico, de forma que o Uno só poderá copiar o design.
Na Europa, novo Fiat Panda será elétrico, de forma que o Uno só poderá copiar o design.
Foto: Reprodução

No caso do Uno, a situação é um pouco mais clara. Como sempre ocorreu, o novo Uno deve ter o design inspirado no Fiat Panda. O Panda, aliás, roubou do Up a liderança no mercado europeu de “minicarros”. O Panda tem 17,3% do mercado contra 6,8% do Up (até o final do primeiro semestre). Já se sabe que o novo Panda será baseado no carro-conceito Fiat Centoventi, concebido para ter propulsão elétrica e uma nova forma construtiva, que facilitará a personalização do carro. No Brasil, entretanto, é cedo para pensar num Uno elétrico.

Carros compactos como o Uno continuarão sendo importantes no mercado. Até porque o Mobi nunca conseguiu ser o campeão de vendas que a Fiat planejava. Este ano, o carro teve boas modificações que melhoraram suas vendas, mas ainda assim ele não conseguiu superar o Renault Kwid no acumulado do ano. Se não bastasse isso, a Fiat e a Volkswagen precisam pensar no que o mercado vai querer daqui a cinco ou seis anos e não somente agora.

Volkswagen ID.Crozz traz o visual dos novos elétricos da marca; dificilmente o novo Gol será assim.
Volkswagen ID.Crozz traz o visual dos novos elétricos da marca; dificilmente o novo Gol será assim.
Foto: Reprodução

Diante de todo esse cenário, o Uno não tem condições de ser “a Kombi da Fiat” ou mesmo um “novo Mille”, ou seja, ficar vivendo no mercado até desaparecer. Falta ao Uno atual o carisma que havia no Fiat Uno Mille, na velha Kombi e ainda há no Volkswagen Gol. Para o Fiat Uno, é renovar ou morrer.

Se ganhar uma nova geração, o Uno contará com novos motores 1.0 turbo de três cilindros com 115 cv de potência. Isso pode tornar o carro competitivo e fazer a Fiat esquecer o projeto do Mobi como um “sonho de uma noite de verão”, assim como a Volkswagen certamente vai esquecer do Up, que agora é vendido apenas para quatro pessoas e em versão única, mas por quase R$ 61 mil.

No caso do Gol, ninguém sabia sequer se o carro manteria o nome glorioso, tamanha a mudança esperada para uma nova geração. O projeto A0 envolve um carro que substituirá ao mesmo tempo o Gol, o Fox e o Up. Visualmente, há rumores de que suas linhas remeteriam ao conceito ID.Crozz, por ter um estilo mais “aventureiro”. Todavia, já ouvimos de uma fonte que a Volkswagen “não pretende misturar as estações”, ou seja, dar aos carros de motor a combustão um visual muito parecido com o dos novíssimos carros elétricos.

Fiat Centoventi servirá de inspiração para o Panda e possivelmente também para o Uno.
Fiat Centoventi servirá de inspiração para o Panda e possivelmente também para o Uno.
Foto: Reprodução

Ao longo de 2021 deveremos maior clareza sobre o futuro do Volkswagen Gol e do Fiat Uno. Por enquanto, as maiores atenções das chefias em São Bernardo do Campo (SP) e Betim (MG) estão voltadas aos projetos urgentes, ou seja, picape monobloco da Volkswagen (Tarok) e o primeiro SUV da Fiat (baseado no Argo). Gol e Uno seguem esticando seus ciclos de vida enquanto for possível.

 

Veja também:

Mercedes GLB 200, um SUV de 7 lugares com motor 1.3
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade