3 eventos ao vivo

Fiat Strada confirma: é o novo carro mais vendido do Brasil

Picape Strada conquista o título mensal pela quarta vez na história e coloca Fiat à frente de Chevrolet e Volkswagen. Veja o ranking top 10

1 out 2020
19h40
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Nova Fiat Strada: fenômeno de vendas ao oferecer quatro portas, cabine dupla e 844 litros para bagagens.
Nova Fiat Strada: fenômeno de vendas ao oferecer quatro portas, cabine dupla e 844 litros para bagagens.
Foto: FCA / Divulgação

A picape Fiat Strada repetiu o feito que havia conseguido no primeiro trimestre de 2014 e se tornou o carro mais vendido do Brasil no ranking mensal. Os números são relativos a setembro. Trata-se de um fenômeno raro no mercado brasileiro: esta foi apenas a quarta vez na história que um veículo comercial termina o mês em1º lugar (as outras três vezes foram em janeiro, fevereiro e março de 2014).

A Strada ficou apenas 163 carros à frente do Chevrolet Onix, que terminou o mês de setembro em 2º lugar. A Strada teve 11.873 vendas, contra 11.710 do Onix. O hatchback da Chevrolet continua disparado na liderança, com mais de 92 mil emplacamentos. O vice-líder no ranking anual (janeiro a setembro) continua sendo o Hyundai HB20, mas o hatch coreano despencou no ranking mensal. Ficou apenas em 4º lugar com 8.565 vendas, enquanto o Volkswagen Gol ficou em 3º com 9.134.

Strada Volcano Cabine Dupla: versão topo de linha brilhou com 27% das vendas.
Strada Volcano Cabine Dupla: versão topo de linha brilhou com 27% das vendas.
Foto: FCA / Divulgação

Num mês espetacular para a Fiat, o Argo terminou em 5º lugar com 7.985 unidades vendidas, cerca de 900 carros à frente do Chevrolet Onix Plus. Entre os SUVs, o mais vendido de setembro foi o Chevrolet Tracker (7º lugar) com 6.403 vendas. Veja abaixo o ranking com os 10 carros mais vendidos no mês passado.

P. CARRO

VENDAS

SET

VENDAS

ANO

1 Fiat Strada 11.873 49.973
2 Chevrolet Onix 11.710 92.294
3 Volkswagen Gol 9.134 46.300
4 Hyundai HB20 8.565 57.749
5 Fiat Argo 7.985 41.507
6 Chevrolet Onix Plus 7.093 49.727
7 Chevrolet Tracker 6.403 29.604
8 Jeep Compass 6.042 33.683
9 Ford Ka 5.956 44.412
10 Jeep Renegade 5.748 36.403

Com o bom desempenho da Strada e do Argo, a Fiat voltou à liderança entre as marcas, depois de cinco anos de domínio da Chevrolet e da Volkswagen. A Fiat vendeu 39.024 carros (19,7%), seguida da Volkswagen com 33.668 (17%) e da Chevrolet com 31.759 (16%). No início da noite, numa live que teve a participação do GUIA DO CARRO, o diretor da Marca Fiat na FCA, Herlander Zola, disse que a Fiat cresceu 30% em relação a setembro do ano passado, enquanto o mercado de carros caiu 11%.

Strada Endurance: versão mais vendida da picape em setembro, com 32% do mix.
Strada Endurance: versão mais vendida da picape em setembro, com 32% do mix.
Foto: FCA / Divulgação

Zola disse que a picape Strada está roubando vendas de alguns hatchbacks. “Confirmo que a Strada se tornou uma competidora dos hatches compactos, não apenas em números, mas também como produto”, disse o executivo da Fiat. “A gente observa uma migração de clientes dos hatches para a picape cabine dupla”. Segundo Zola, a Fiat encomendou uma pesquisa para entender melhor o fenômeno, saber com precisão qual era o carro do cliente e qual modelo ele considerava comprar.

Strada Freedom Cabine Dupla: versão intermediária teve 20% de participação nas vendas.
Strada Freedom Cabine Dupla: versão intermediária teve 20% de participação nas vendas.
Foto: FCA / Divulgação

As versões cabine dupla obtiveram uma participação de 46% nas vendas da Strada em setembro., Só a versão Volcano, topo de linha, teve 32% de participação. A versão mais vendida foi a Endurance com 32%. A Freedom cabine dupla também foi bem no mix da Strada (20%). Os preços da Strada vão de R$ 64.590 a R$ 82.290. As vendas para produtores rurais continuam sendo importantes, mas as vendas e varejo somam 35%. 

Herlander Zola, diretor da marca Fiat, na live: "Strada se tornou uma competidora dos hatches compactos".
Herlander Zola, diretor da marca Fiat, na live: "Strada se tornou uma competidora dos hatches compactos".
Foto: Sergio Quintanilha / Reprodução

Zola disse que a notícia da liderança da Strada foi recebida com uma grata surpresa na Itália, devido ao curto período de tempo do carro no mercado (pouco mais de três meses). “O Brasil não é um país onde picapes lideram o ranking”, observou. Quanto ao futuro, parece ser promissor. Segundo Zola, apesar da venda de quase 12 mil unidades em setembro, a demanda era de 15 mil carros (a entrega nas concessionárias está durando dois meses). A Strada não vai parar por aí. A Fiat já está trabalhando no desenvolvimento de uma versão com câmbio automático, que poderá vir com outro motor, mas também com o atual motor 1.3 aspirado.

 

Veja também:

Eldorado Expresso: Fome no Brasil
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade