4 eventos ao vivo

Fiat acredita que nova Strada será top 5 de vendas no país

Picape já teve 23 mil pedidos desde seu lançamento e demanda subiu de 250 para 780 carros por dia. Cabine Dupla surpreende e tem 50% do mix

6 ago 2020
20h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Fiat Strada Volcano: versão topo de linha é a que mais lembra a picape-irmã Toro.
Fiat Strada Volcano: versão topo de linha é a que mais lembra a picape-irmã Toro.
Foto: FCA / Divulgação

A picape Fiat Strada foi o 4º carro mais vendido do Brasil em julho e é melhor o mercado se acostumar com isso. O desempenho comercial da segunda geração da Strada surpreendeu a Fiat, que espera ver a picape frequentar o ranking top 5 de vendas do Brasil com frequência e eventualmente até disputar a liderança. Em julho, foram 6.564 emplacamentos, número que representou uma participação recorde de 63% em seu nicho.

Somente em julho, a Fiat recebeu cerca de 17 mil pedidos de compra da nova Strada. Por isso, a demanda diária subiu de 250 para 780 carros. Triplicou. Segundo Herlander Zola, diretor da marca Fiat na FCA, desde o seu lançamento, em 23 de junho, a picape já teve 23 mil vendas. Zola calcula que pelo menos 5.000 unidades já foram entregues e ainda não foram emplacadas. O prazo de entrega passou de 30 para 60 dias.

Versão Endurance tem motor 1.4 e responde por até 55% das vendas da nova Strada.
Versão Endurance tem motor 1.4 e responde por até 55% das vendas da nova Strada.
Foto: FCA / Divulgação

Surpresa com a boa arrancada da Strada, a Fiat já planeja novas versões. Uma delas pode chegar ainda em 2020 e deverá ser inspirada em alguma versão ou série especial da Toro. “A Toro vai ser sempre uma inspiração para a nova Strada”, disse Zola nesta quinta-feira (6), durante uma live que teve a participação do Guia do Carro. Entre as configurações da nova Strada, a Cabine Dupla responde por 50% de participação, ou seja, 10% a mais do que era esperado pela Fiat. No mix das versões, a Endurance lidera numa faixa de 50% a 53%, enquanto a Freedom varia de 20% a 27%. A Volcano, topo de linha, tem 25% das vendas. 

Existem várias possibilidades de futuras versões ou séries especiais para a nova Strada. Olhando para o passado da picapinha da Fiat, podemos vislumbrar uma versão Adventure, com pneus off-road ou de uso misto, adereços de aventura, grafismos especiais e alguns incrementos de equipamentos que a deixem mais capaz de enfrentar terrenos difíceis. Olhando para o passado da Toro, é possível pensarmos numa Strada Blackjack, toda escurecida, talvez uma S Design, ou até mesmo uma Strada Ultra, com tampa da capota rígida.

Versão Freedom Cabine Dupla: 27% nas vendas, segundo o marketing da Fiat.
Versão Freedom Cabine Dupla: 27% nas vendas, segundo o marketing da Fiat.
Foto: FCA / Divulgação

“A nova Strada tem um potencial enorme nas grandes cidades se os clientes perceberem que ela pode ser uma alternativa para quem procura um hatch ou um sedã compacto com porta-malas”, comentou Zola. Mesmo assim, o executivo da Fiat reconhece que alguns clientes reclamam da ausência de uma configuração com câmbio automático, que virá no futuro (CVT). A nova Strada é baseada no Argo, enquanto a antiga era baseada no Palio.

Avaliação: por que a Strada Cabine Dupla não é a mini Toro

Para reduzir o atraso na entrega, a FCA tem aumentado o ritmo de produção da nova Strada na fábrica de Betim (MG). Em julho foram produzidas cerca de 6 mil unidades. Em agosto a produção vai subir para 9.000 e em setembro terá outra alta. Zola observa que cerca de 65% das saídas da picape Strada ocorrem na modalidade de venda direta (sem passar pela concessionária). Dá para perceber que a Fiat pretende aumentar a fatia de vendas nas concessionárias, atraindo mais o usuário de lazer do que o usuário de serviço.

Saiba por que a picape Fiat Toro foi a melhor ideia da década

 

Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade