PUBLICIDADE

Ferrari Purosangue de 725 cv chega ao Brasil por R$ 7,5 milhões

Com fila de espera mundial de dois anos, primeiro SUV da Ferrari estreia no Brasil com motorzão 6.5 V12 de 725 cv e chega aos 310 km/h

1 dez 2023 - 07h00
Compartilhar
Exibir comentários
Ferrari Purosangue
Ferrari Purosangue
Foto: Ferrari / Divulgação

A Ferrari acaba de ampliar sua linha de carros no Brasil. A Via Itália, representante oficial da marca no país, anunciou nesta semana a chegada do SUV Purosangue ao Brasil. Com o impressionante preço inicial de R$ 7,5 milhões – que pode ficar mais caro devido aos diversos opcionais, o modelo oferece 725 cv e já tem fila de espera mundial de dois anos.

Revelado mundialmente em 2022, o Ferrari Purosangue é o primeiro SUV – e carro de quatro portas – da marca italiana. Medindo, 4,97 metros de comprimento, 2,02 m de largura e 1,58 m de altura, o Purosangue concorre com super SUVs como Porsche Cayenne e Aston Martin DBX 707. O porta-malas tem 437 litros de capacidade. 

Ferrari Purosangue
Ferrari Purosangue
Foto: Ferrari / Divulgação

Por fora, o visual segue as linhas encontradas nos esportivos atuais da Ferrari, como o SF90, Roma e 288 GTB. Com isso, na dianteira os faróis de LED são integrados às entradas de ar, enquanto as portas traseira têm abertura invertida. 

No interior, há linhas minimalistas e comandos voltados ao motorista, além de um painel digital e algo incomum em Ferraris – capacidade para 4 pessoas. Sob o capô, o Ferrari Purosangue traz um conjunto raiz: trata-se de um motorzão 6.5 V12 aspirado de 725 cv e 716 Nm. 

Ferrari Purosangue
Ferrari Purosangue
Foto: Ferrari / Divulgação

Sempre com tração integral e um câmbio automatizado de dupla embreagem e oito marchas dos carros da Fórmula 1, o SUV tem desempenho digno de superesportivo. De acordo com a Ferrari, ele vai de 0 a 100 km/h em apenas 3,3 segundos e chega aos 310 km/h.

O Ferrari Purosangue já está disponível para encomendas na única concessionária da marca no Brasil, que fica em São Paulo (SP). Apesar disso, os futuros compradores do SUV italiano terão que aguardar em uma fila mundial de ao menos dois anos, uma vez que o modelo tem produção limitada – e muitos pedidos em vários países.

Honda ZR-V é bom, mas não empolga como a primeira geração do HR-V:
Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Publicidade