5 eventos ao vivo

Corolla Cross e VW Taos vêm aí para derrubar o Jeep Compass

Novos SUVs da Toyota e da Volkswagen estão chegando e querem roubar os clientes do Jeep Compass. Veja como eles serão e o posicionamento

22 set 2020
16h21
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Toyota Corolla Cross: a partir de abril nas ruas brasileiras. Mas com esta frente?
Toyota Corolla Cross: a partir de abril nas ruas brasileiras. Mas com esta frente?
Foto: Toyota / Divulgação

Desde 2016, quando a FCA passou a fabricar o Jeep Compass no Brasil, ele se tornou a mais atraente opção de SUV médio no mercado. Com várias configurações, o Compass atendeu diferentes demandas com motor flex ou a diesel, tração 4x2 ou 4x4, câmbio automático de seis ou de nove marchas. Agora, finalmente, o Jeep Compass deverá ter concorrência de verdade: ainda este ano chega o Volkswagen Taos e até abril do ano que vem estreia o Toyota Corolla Cross.

Os dois novíssimos SUVs da Toyota e da Volkswagen vão ocupar um espaço no qual o RAV4 e o Tiguan não se atreveram a entrar. Tanto o Toyota RAV4 (importado do Japão) quanto o Volkswagen Tiguan (importado do México) são caros; estão num patamar acima do Jeep Compass. Já o Taos e o Corolla Cross vêm com a mira apontada para o público do Compass. Para fazerem sucesso, entretanto, terão que oferecer uma boa gama de versões e preços próximos aos do Jeep.

Imagem de divulgação do Volkswagen Taos quando ainda era o "Projeto Tarek".
Imagem de divulgação do Volkswagen Taos quando ainda era o "Projeto Tarek".
Foto: VW / Divulgação

O Corolla Cross já foi apresentado na Tailândia. O carro é fabricado na plataforma do novo Corolla e será produzido em Sorocaba (SP) a partir do primeiro trimestre de 2021. Ainda não sabemos se o Corolla Cross nacional usará a mesma frente do carro lançado na Tailândia, pois o design parece um tanto exótico para o consumidor brasileiro. Porém, considerando as últimas ousadias da Hyundai, é possível que carros com aparência estranha comecem a ser vendidos no Brasil. 

O motor esperado para o Corolla Cross é o 2.0 aspirado de 177 cv usado pelo Toyota Corolla. Isso daria uma vantagem ao SUV japonês, pois o Jeep Compass 2.0 flex tem 166 cv de potência. Na Tailândia, o Corolla tem três versões híbridas e apenas uma com motor a combustão. É a versão de entrada, que usa um motor a gasolina de 140 cv e 177 Nm com câmbio CVT-i7 (automático de sete marchas). O carro tem 161 mm de vão livre do solo. Seu entre-eixos de 2,640 m é quase idêntico ao do Jeep Compass, que tem 2,636 m. O porta-malas do Corolla Cross tem capacidade para 487 litros, contra 410 do Compass.

Corolla Cross é ligeiramente maior que o Compass e tem vão livre de 161 mm.
Corolla Cross é ligeiramente maior que o Compass e tem vão livre de 161 mm.
Foto: Toyota / Divulgação

Quanto ao Volkswagen Taos, que será apresentado no dia 13 de outubro, as informações são pequenas. Embora chegue antes, o Taos não teve nenhum modelo lançado em outra parte do mundo. O carro será produzido em General Pacheco, na Argentina, e terá um porte entre o T-Cross e o Tiguan. O motor será o 1.4 TSI (turbo com injeção direta) de 150 cv de potência e 250 Nm de torque, com câmbio automático de seis marchas. Porém, ainda existe muito mistério sobre as medidas do carro e a capacidade do porta-malas.

Internamente, o Volkswagen Taos será bem previsível, seguindo o mesmo padrão do T-Cross e do Nivus. A Volks disse apenas que o Taos será caracterizado por altos níveis de segurança, tecnologia e conforto, bem como um design moderno e motores e transmissões de última geração. A tração será 4x2 (dianteira), assim como a do Corolla Cross. Nesse ponto, o Jeep Compass continuará sozinho no nicho de SUVs médios 4x4 a diesel.

Jeep Compass: com várias configurações, consegue ser o mais competitivo na categoria.
Jeep Compass: com várias configurações, consegue ser o mais competitivo na categoria.
Foto: Sergio Quintanilha / Guia do Carro

Tanto por parte do Corolla Cross quanto do Taos espera-se novidades na área de conectividade. O Toyota, por exemplo, tem quadro de instrumentos digital de 7” e multimídia 9”. Na Volkswagen, o Taos deve vir equipado com a mesma multimídia do Nivus (VW Play), que é o melhor que a marca tem atualmente.

Considerando somente a configuração 4x2 com motor 2.0 aspirado flex, o Jeep Compass tem atualmente as seguintes versões: Sport por R$ 126.290, Longitude por R$ 139.690 e Limited por R4 159.390. Será que a Toyota e a Volkswagen conseguirão vender seus carros nessa faixa de preços? A Toyota tem atualmente três versões do Corolla 2.0 aspirado com os seguintes preços: GLi (R$ 110.190), XEi (R$ 121.690) e Altis (R$ 140.690). Os preços do RAV4 vão de R$ 219.990 a R$ 241.990. Do lado da Volks, o T-Cross é vendido com os seguintes preços: TSI (R$ 92.490), Comfortline (R$ 113.790) e Highline (R$ 122.390). Já o Tiguan mais barato parte de R$ 145.430 e vai até R$ R$ 210.680.

Compass 4x2 tem três versões com motor 2.0 aspirado de R$ 126 mil a R$ 160 mil.
Compass 4x2 tem três versões com motor 2.0 aspirado de R$ 126 mil a R$ 160 mil.
Foto: Sergio Quintanilha / Guia do Carro

Como se vê pelos preços, a Toyota e a Volkswagen têm espaço para encaixar o Corolla Cross e o Taos exatamente na faixa operada pelo Jeep Compass flex, entre R$ 126 mil e R$ 160 mil. Com isso, a guerra pelo consumidor no mercado de SUVs sairá um pouco do nicho de compactos (segmento B) e se deslocará para um nicho acima, que as montadoras chamam de B+ (B superior).

 

Veja também:

Eldorado Expresso: Fome no Brasil
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade