PUBLICIDADE

Bugatti La Voiture Noire, o superesportivo de R$ 67 milhões

Exclusivíssimo Bugatti La Voiture Noire teve apenas uma unidade produzida e já vendida; superesportivo conta com motor 8.0 W16 de 1.600 cv

9 jun 2021 06h00
ver comentários
Publicidade
Bugatti La Voiture Noire terá apenas uma unidade produzida.
Bugatti La Voiture Noire terá apenas uma unidade produzida.
Foto: Bugatti

Este é o novo Bugatti La Voiture Noire. Pouco mais de dois anos depois de mostrar uma versão conceitual do modelo no Salão de Genebra de 2019, a Bugatti finalmente revelou as primeiras imagens oficiais do superesportivo exclusivíssimo -- que teve apenas uma unidade produzida e já vendida para um comprador anônimo por 11 milhões de euros (cerca de R$ 67,4 milhões). 

Inspirado no clássico Bugatti Type 57 SC Atlantic de Jean Bugatti, que teve apenas quatro unidades produzidas, o Bugatti La Voiture Noire é baseado no modelo Chiron, e conta com carroceria feita inteiramente em fibra de carbono. De acordo com a Bugatti, o projeto consumiu demorou cerca de sete anos e meio para ficar pronto. A dica sobre a cor do modelo vem no próprio nome do carro -- La Voiture Noire significa carro preto em francês. 

Bugatti La Voiture Noire conta com carroceria feita em fibra de carbono.
Bugatti La Voiture Noire conta com carroceria feita em fibra de carbono.
Foto: Bugatti

Por fora, o Bugatti La Voiture Noire conta com um acabamento em preto carbono brilhante, que destaca as linhas do superesportivo. Na dianteira, cada farol conta com 25 elementos de led individuais, que formam a assinatura visual do modelo. Os para-lamas contam com perfil musculoso, e a grade dianteira foi feita com uma impressora 3D. Há ainda um vinco longitudinal cromado que surge logo acima da grade e percorre o teto até a parte traseira. 

Grade frontal do Bugatti La Voiture Noire foi feita em uma impressora 3D.
Grade frontal do Bugatti La Voiture Noire foi feita em uma impressora 3D.
Foto: Bugatti

No entanto, ao contrário da versão conceitual, esse vinco não divide o para-brisa em dois. No lugar dessa solução, a Bugatti adotou um vidro único, de aspecto mais convencional. Na lateral, a carroceria do La Voiture Noire adota um caimento cupê. Há ainda uma entrada de ar, que conta com dimensões menores do que o Bugatti Chiron. As rodas contam com acabamento diamantado e trazem cinco raios duplos estilizados.

Na traseira, há uma grade que ocupa quase toda a parte de trás do La Voiture Noire. Visualmente, o conjunto impressiona. O superesportivo conta com nada menos do que seis saídas de escapamento. Além disso, o modelo conta com uma faixa única de led que acompanha o design da carroceria. Por fim, há ainda o nome ‘Bugatti’ estilizado logo acima do local que abriga a placa. 

Modelo conta com faixa única de led que acompanha o design da carroceria.
Modelo conta com faixa única de led que acompanha o design da carroceria.
Foto: Bugatti

Ainda na parte central-traseira, o Bugatti La Voiture Noire conta com o mesmo motor do Chiron. Trata-se do já conhecido 8.0 W16 quadriturbo, que oferece impressionantes 1.520 cv de potência e 1600 Nm de torque. A Bugatti não revelou oficialmente os números de desempenho, mas é provável que sejam semelhantes ao do Chiron Super Sport, que acelera de 0 a 100 km/h em menos de dois segundos e atinge uma velocidade máxima de 440 km/h. 

Não foram reveladas imagens do interior do Bugatti La Voiture Noire. Apesar disso, a marca adiantou que o modelo conta com acabamento em couro na marrom Havana. Há ainda detalhes no console central e nos painéis das portas. Por fim, o modelo também traz um botão feito de jacarandá no qual o condutor pode escolher dentre os diferentes modos de direção disponíveis. 

Bugatti La Voiture Noire conta com seis saídas de escapamento.
Bugatti La Voiture Noire conta com seis saídas de escapamento.
Foto: Bugatti

O Bugatti La Voiture Noire só terá uma unidade produzida, o que o torna um modelo único. No entanto, tanta exclusividade tem um preço. Os 11 milhões de euros desembolsados pelo comprador anônimo -- há rumores de que tenha sido o craque português Cristiano Ronaldo -- colocam o La Voiture Noire como o 2º carro mais caro do mundo. O superesportivo francês fica atrás somente do também exclusivo Rolls-Royce Boat Tail, que custou cerca de 23 milhões de euros (R$ 143 milhões). 
 

 

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade