ESTREIA
'Paris É Delas' debate presença feminina nos Jogos Olímpicos

Bolsonaro defendeu golpe sem armas em reunião ministerial em 2022: ‘Não é dar tiro’

9 fev 2024 - 16h52
Compartilhar

Jair Bolsonaro defendeu golpe sem armas em reunião ministerial em 2022: ‘Não é dar tiro’. O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) defendeu um golpe de Estado sem violência armada em uma reunião com ministros no dia 5 de julho de 2022. O ex-presidente disse que não era o caso de o então ministro da Defesa Paulo Sérgio Nogueira "botar tropa na rua, tocar fogo e metralhar". "Nós vamos esperar chegar 23, 24, pra se foder? Depois perguntar: por que não tomei providência lá atrás? E não é providência de força não, caralho! Não é dar tiro." “Ô Paulo Sérgio (ministro da Defesa), vou botar a tropa na rua, tocar fogo aí, metralhar. Não é isso, porra!", disse Bolsonaro.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Seu Terra












Publicidade