0

Vivo chega a 100 cidades com cobertura de Internet móvel 4G

Até o fim de outubro chegará a mais 11 municípios dos Estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro

13 out 2014
10h25
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Crescimento do 4G no Brasil teve como entrada a Copa do Mundo de 2014, realizada entre junho e julho</p>
Crescimento do 4G no Brasil teve como entrada a Copa do Mundo de 2014, realizada entre junho e julho
Foto: Nacho Doce / Reuters

A Vivo chegou a 100 cidades com cobertura de Internet móvel de quarta geração (4G), e pretende adicionar outras 11 cidades até o fim deste mês, informou a companhia nesta sexta-feira.

Segundo dados da consultoria Teleco, a cobertura da operadora de telecomunicações é a maior entre os concorrentes do setor, uma vez que: a Claro, da América Móvil, está em segundo, com 93 cidades com 4G, seguida por Oi e a TIM, com 45. . 

A Vivo ativou sua rede 4G em Imperatriz, no Maranhão, e até o fim de outubro chegará a mais 11 municípios dos Estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, informou a empresa.

"Vamos continuar crescendo o número de municípios e aumentando a cobertura. As obrigações regulatórias serão cumpridas", disse Christian Gebara, diretor executivo mercado individual nacional da Vivo.

Depois de atingir as metas estabelecidas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nas sedes e subsedes da Copa do Mundo, as operadoras precisavam chegar até maio deste ano a todas as capitais e municípios com mais de 500 mil habitantes.

As empresas declararam ter cumprido esse objetivo, o que está sendo verificado pela Anatel, segundo a assessoria de imprensa da agência. A próxima meta agora é atingir até dezembro de 2015 todos os municípios com mais de 200 mil habitantes.

Os objetivos foram estabelecidos pelo edital do leilão da faixa de 2,5 GHz do 4G, leiloada em 2012.

Novo leilão do 4G e novas faixas
Em setembro, a Anatel promoveu o leilão da frequência de 700 MHz do 4G, que será complementar à faixa atualmente utilizada. No leilão, a Vivo adquiriu lote de 10 + 10 MHz por R$ 1,9 bilhão.

"Queríamos o lote de 700 MHz, e o valor foi interessante para a operadora. A expectativa é positiva porque é uma boa frequência", disse Gebara. A previsão, no entanto, é que os serviços 4G dessa faixa só sejam oferecidos a partir de 2018, por haver a necessidade da limpeza da frequência, atualmente ocupada por canais da TV analógica.

Segundo números da Teleco, o Brasil encerrou julho com 3,7 milhões de acessos 4G, sendo 1,4 milhão de acessos (39,1%) da Vivo, 1,1 milhão da TIM (30%), 734,7 mil da Claro (20%), 364,3 mil da Oi (9,9%) e 38,4 mil da Nextel (1,04%).

A Claro informou nesta sexta-feira que a partir de sábado oferecerá 4G na cidade de Petrópolis (RJ), chegando a 93 cidades de 24 Estados.

Smartphones com TV Smartphones com TV: Veja Smartphones com TV

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade