0

Startup de logística Intelipost levanta aporte de R$ 130 milhões

Cheque foi liderado pelo fundo Riverwood Capital, que já apostou em 99 e Resultados Digitais; com recursos, empresa fez fusão com startup de roteirização de entregas, a AgileProcess

8 dez 2020
10h10
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A startup de logística brasileira Intelipost anuncia nesta terça-feira, 8, que levantou um aporte de R$ 130 milhões liderado pelo fundo americano Riverwood Capital, que já investiu em empresas como 99 e RD Station (ex-Resultados Digitais). Fundada pelo alemão Stefan Rehm e o brasileiro Gabriel Drummond em 2014, a empresa é dona de uma série de soluções para o e-commerce, como cotação de fretes, rastreamento de entregas e logística reversa - necessária, por exemplo, quando o cliente precisa fazer a troca de uma mercadoria. Hoje, a empresa tem mais de 4 mil clientes, incluindo nomes como Via Varejo, Renner e Riachuelo.

O aporte chega num contexto de crescimento para a Intelipost, que viu a demanda por seus serviços crescer mais de 100% ao longo de 2020, graças ao crescimento do comércio eletrônico por conta do período de isolamento social. "Foi um ano bastante atípico. Em qualquer ano, a Black Friday é um pico de vendas e tem meses de preparação. Em 2020, tivemos 50 Black Fridays seguidas", explica Rehm, que trabalhou em empresas como o site de vinhos Evino antes de criar a startup.

Ali, ele percebeu a dor dos clientes na hora de fazer entregas para o Brasil. "Eu acreditava que o Brasil ia ser fácil na logística como era a Alemanha, mas é um contexto complicado, com território maior, muita informalidade e infraestrutura menos desenvolvida", conta o executivo, que saiu da Evino para criar a startup. Com os recursos do aporte, Rehm pretende acelerar o crescimento da empresa, criando novos produtos e contratando funcionários - hoje, a Intelipost tem 250 pessoas, após ter recrutado mais de 100 pessoas ao longo de 2020.

Parte desse contingente vem da Agile Process, startup cuja fusão com a Intelipost será anunciada junto com o recebimento da rodada de aportes. Dona de um sistema de roteirização e rastreamento de entregas, a Agile Process adiciona 30 pessoas e uma série de funcionalidades ao portfólio da companhia de Rehm. Em 2021, o alemão prevê que o time da startup deve crescer em 50%, chegando a cerca de 375 funcionários.

Ele também vê oportunidades no chamado omnichannel - tendência do varejo que tende a usar vantagens de lojas físicas e virtuais para atender o consumidor da forma que este preferir. "Vamos organizar ideias como envio a partir de lojas ou retiradas nas lojas, modalidades que fazem parte do nosso mapa de produtos para o futuro", explica o alemão. Para ele, nem mesmo a chegada premente de uma vacina fará os consumidores deixarem de lado o e-commerce. "Muitos consumidores aprenderam a comprar online e a tendência é que isso continue no futuro", afirma. Para 2021, a Intelipost espera dobrar o número de pedidos que ajuda a transacionar.

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade