0

China remove TripAdvisor e outros 104 aplicativos de lojas do país

8 dez 2020
10h06
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A China removeu 105 aplicativos, incluindo o da norte-americana TripAdvisor, das lojas de aplicativos do país, em uma nova campanha para remover conteúdo que considera relacionado à pornografia e prostituição, apostas e violência.

03/05/2016
 REUTERS/Mike Blake
03/05/2016 REUTERS/Mike Blake
Foto: Reuters

A Administração do Ciberespaço da China disse em comunicado em seu site nesta terça-feira que os aplicativos violaram leis cibernéticas, sem especificar a lei violada por cada aplicativo.

As ligações da Reuters para o escritório da TripAdvisor em Pequim não foram atendidas.

O órgão chinês disse que começou a campanha em 5 de novembro em resposta à forte reação do público em geral a conteúdo considerado ofensivo. Também afirmou que continuará a regulamentar os aplicativos e remover aqueles que violassem a lei.

Veja também:

Por que o Facebook bloqueou conteúdos na Austrália?
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade