0

Amazon confirma produção de série original baseada em O Senhor dos Anéis

14 nov 2017
10h04
  • separator
  • comentários

Os rumores estavam certos. Nesta semana, a Amazon confirmou que vai produzir uma nova série original baseada no universo de O Senhor dos Anéis . O contrato foi firmado para múltiplas temporadas de um show que será criado ao lado da New Line Cinema, uma divisão da Warner Bros. que também foi responsável pelos seis filmes da saga, bem como com o suporte do espólio do escritor J.R.R. Tolkien e sua editora, a HarperCollins.

O Senhor dos Anéis
O Senhor dos Anéis
Foto: Canaltech

O que se sabe é que o seriado mostrará eventos anteriores ao primeiro livro e filme da trilogia de Tolkien, A Sociedade do Anel . Entretanto, esse é o único detalhe revelado sobre o enredo e não se sabe, por exemplo, se a produção será situada antes ou depois de O Hobbit , que também serve como prequel à história de Frodo.

Além disso, o acordo também incluiria a produção de um spin-off, cujos detalhes não foram divulgados. Neste caso, uma série adicional poderia seguir a história de um personagem específico, contar eventos significativos para o universo ou seguir caminhos alternativos, assim como acontece com tantos outros shows de sucesso.

Um mundo de possibilidades, que justifica o alto valor pago pelos direitos de O Senhor dos Anéis . A Amazon não entrou em tais detalhes em seu anúncio oficial, mas a noção é de que ela teria pago de US$ 200 milhões a US$ 250 milhões para realizar as produções - e esse é apenas o custo de licenciamento, sem contar o dinheiro que ainda deve ser investido na realização dos shows originais em si.

O poder da marca, entretanto, mais do que deve justificar esse montante. Em um mundo em que Game of Thrones já está chegando ao final, por mais que a HBO também tenha anunciado spin-offs da saga, os fãs podem ficar órfãos de uma aventura desse tipo, uma lacuna que a série de O Senhor dos Anéis da Amazon pode acabar preenchendo, inclusive, arrebanhando alguns dos assinantes da concorrência.

O interesse foi tamanho que até mesmo o CEO da companhia, Jeff Bezos, teria se envolvido diretamente nas negociações com o espólio de Tolkien. A empresa responsável pelos direitos teria tomado a iniciativa de se aproximar não apenas da Amazon, mas também da HBO para vender a ideia, com o executivo, como não poderia deixar de ser, entrando de cabeça no tópico.

Por outro lado, não existem informações quanto ao direito de transmitir os filmes já existentes da franquia. Hoje, a primeira trilogia de O Senhor dos Anéis está disponível na Netflix, inclusive no Brasil, mas provavelmente a opção de streaming deve acabar se tornando exclusividade da Amazon em um futuro próximo, já que a ideia seria tornar o serviço ponto de partida para novos e velhos fãs da história.

Canaltech Canaltech

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade