PUBLICIDADE

Pelo menos 230 brasileiros ficam retidos na África do Sul

30 nov 2021 08h27
ver comentários
Publicidade

Razão são restrições de viagem impostas devido à ômicron, nova variante do coronavírus. Brasil é um dos países que fechou fronteiras temendo nova cepa, considerada mais contagiosa.A Embaixada do Brasil em Pretória comunicou que pelo menos 230 brasileiros estão retidos na África do Sul. Mais da metade deles está na região da Cidade do Cabo, e um terço deles na área de Pretória e Joanesburgo.

Passageira no Aeroporto Internacional de Joanesburgo tenta achar voos
Passageira no Aeroporto Internacional de Joanesburgo tenta achar voos
Foto: DW / Deutsche Welle

O Brasil é um dos países que fechou as fronteiras para viajantes vindos da África do Sul e de outras nações do sul do continente africano por causa da nova variante do coronavírus ômicron. O Ministério das Relações Exteriores comunicou que acompanha a situação desses brasileiros e que procura voos que possam trazê-los de volta.

Voos partindo da Etiópia estão sendo considerados a melhor alternativa para retorno ao Brasil a partir do continente africano. De acordo com o site da embaixada na capital sul-africana, a Ethiopian Airlines realizou voos para Adis Abeba no último sábado (27/11), e na segunda-feira (29/11). "A embaixada está apurando junto à empresa se e quando haverá novos voos que permitam conexão em Adis Abeba com destino final no Brasil", diz comunicado do órgão.

A ômicron tem um grande número de mutações e, por isso, cientistas temem que ela possa ser mais transmissível e mais perigosa do que outras variantes.

as/rk (OTS)

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.
Publicidade
Publicidade