2 eventos ao vivo

Resorts de Trump expõem revista falsa com presidente na capa

Revista "Time" pediu para que publicações fossem retiradas

28 jun 2017
17h07
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Reprodução

Uma edição da revista norte-americana Time cuja capa conta com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e que faz parte da "decoração" de vários resorts de propriedade do mandatário tem sido motivo de crítica e até de piadas contra o líder. O motivo é que a publicação é completamente falsa.

No começo desta semana, o jornal The Washington Post publicou uma matéria na qual denunciava que falsas edições da revista haviam sido espalhadas pelos campos de golfe de Trump, penduradas nas paredes e em porta jornais e revistas. A capa em questão corresponderia à edição de 1º de março de 2009 e conta com um presidente posando sorridente em um fundo preto e junto a manchetes bastante favoráveis a ele, como "Donald Trump, 'O Aprendiz' é um programa extraordinário!" - fazendo referência ao programa de televisão que o magnata comandou por mais de uma década.

Olhando pela primeira vez, a revista parece verídica. No entanto, com mais atenção, é possível perceber que a icônica margem vermelha que contorna todas as capas da revista é mais finas do que as demais e que seu tradicional contorno branco não existe. Além disso, as manchetes contam com pontos de exclamação, artifício que não é usado na publicação, como na frase "Trump triunfa em todas as frentes...até na TV!".

A confirmação da edição falsa veio da própria Time nesta quarta-feira, dia 28, que mostrou que a verdadeira capa em questão é do dia 2 de março daquele ano e é protagonizada pela atriz britânica Kate Winslet e que pediu que o milionário nova-iorquino retirasse todas as edições. Segundo a publicação em um comunicado, Trump apareceu na capa uma única vez antes de entrar na política, em janeiro de 1989.

Foto: Reprodução

Já a última vez que teve esse destaque em uma edição foi em dezembro do ano passado, quando ele havia acabado de ser eleito à presidência norte-americana. Ainda não houve nenhuma declaração oficial por parte da Casa Branca sobre o assunto. O jornalista David Fahrenthold, responsável pela matéria do The Washington Post, disse que o presidente já teria ordenado para que todas as revistas fossem retiradas das suas propriedades, até no resort de Mar-a-Lago, na Flórida, onde Trump já recebeu importantes autoridades, como o presidente da China, Xi Jinping.

No seu twitter, o mandatário tentou inverter a situação, ignorando o caso e acusando mais uma vez o de The Washington Post de divulgar fake news (notícias falsas) sobre ele.

Veja também:

Coronavírus, 1 ano depois: de 'pneumonia desconhecida' a quase 2 milhões de mortos
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade