PUBLICIDADE

Mundo

Polícia investiga desaparecimento de turistas após assalto em iate no Caribe

Três fugitivos roubaram barco de casal americano. Criminosos conseguiram deixar a ilha, mas foram presos

24 fev 2024 - 18h49
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução: Redes Sociais

Um casal de turistas americanos desapareceu após três prisioneiros utilizarem o iate em que estavam para tentar fugir da ilha de Granada, no Caribe. Ralph Hendry e sua esposa Kathy Brandel foram avistados pela última vez no domingo passado, por um homem que também estava ancorado no cais.

De acordo com informações do jornal O Globo, o casal estava em Granada há aproximadamente duas semanas, e o iate deles teria partido do local antes do previsto. A embarcação foi roubada por Ron Mitchell, Trevon Robertson e Abita Stanislaus, três criminosos de St. Andrew que haviam sido presos no último domingo por roubo com violência, estupro e assédio, mas conseguiram escapar.

Os três criminosos conseguiram deixar a ilha e atracaram em São Vicente e Granadinas, porém foram capturados na quarta-feira, 21. 

A polícia de Granada disse que está "trabalhando atualmente em pistas que sugerem que os dois ocupantes do iate podem ter sido mortos no processo."

A Associação de Navegação Salty Dawg (SDSA), à qual o casal pertencia, relatou que um indivíduo entrou no iate depois de encontrá-lo abandonado em uma praia de São Vicente. Ele imediatamente contatou a associação e a Guarda Costeira após constatar que não havia ninguém a bordo e notar "evidências aparentes de violência".

"Conversei com as famílias e ofereci nossas condolências mais profundas e nossa assistência de todas as maneiras possíveis. Em todos os meus anos de cruzeiro pelo Caribe, nunca ouvi falar de algo assim," contou Bob Osborn, presidente da SDSA, em um comunicado.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade