PUBLICIDADE

Três soldados israelenses morrem em operação militar em Gaza

Os militares morreram após uma explosão dentro de um túnel palestino

30 jul 2014 14h25
| atualizado às 14h25
ver comentários
Publicidade
Desde o início da campanha militar Limite Protetor, 56 soldados e oficiais morreram em combate
Desde o início da campanha militar Limite Protetor, 56 soldados e oficiais morreram em combate
Foto: JACK GUEZ / AFP

Três soldados israelenses morreram nesta quarta-feira em uma operação em Gaza, informou o exército. Os militares morreram em uma explosão quando acabavam de descobrir um túnel palestino em uma casa do sul da Faixa de Gaza, segundo o comunicado militar.

"A casa e o túnel tinham artefatos explosivos que foram detonados contra os soldados", acrescenta o texto.

Além disso, 27 soldados ficaram feridos em diversos incidentes relacionados com a operação terrestre que Israel realiza em Gaza. As famílias dos militares já foram notificadas sobre as mortes.

Desde o início da campanha militar Limite Protetor, 56 soldados e oficiais morreram em combate ou atingidos por projéteis disparados de Gaza.

Além disso, dois civis israelenses e um trabalhador tailandês morreram como consequência do impacto de um foguete ou de fogo de morteiro lançado contra o território de Israel.

No lado palestino, o balanço provisório de mortos na ofensiva militar israelense, que dura 22 dias, aumentou para 1.327 pessoas, enquanto os feridos superam 7.200, de acordo com fontes oficiais.

O Ministério de Saúde de Gaza informou em um comunicado que durante a jornada de hoje 93 civis palestinos morreram e mais de 200 ficaram feridos em intensos bombardeios por ar e terra lançados pelo exército israelense.

Com informações da AFP e EFE. 

Faixa de Gaza: entenda o conflito Faixa de Gaza: entenda o conflito
Conheça um pouco mais sobre a região, que tem um quarto do tamanho do município de São Paulo, mas uma enorme importância para a história do Oriente Médio

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade