0

Comboio de ajuda do Crescente Vermelho é baleado ao tentar entrar em Homs

8 fev 2014
16h33
atualizado às 16h34
  • separator
  • comentários

Pelo menos quatro membros do Crescente Vermelho foram baleados neste sábado por grupos armados quando entravam com ajuda na parte antiga, e sitiada, da cidade de Homs, no centro da Síria, informou a televisão oficial.

O governador de Homs, Talal al Barazi, disse à televisão que dois caminhões carregados de ajuda humanitária entraram na área, enquanto os rebeldes barraram a chegada de outros veículos ao lançar morteiros contra a estrada em que passavam.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos confirmou em comunicado que alguns membros do Crescente Vermelho ficaram levemente feridos nos lugares onde caíram os projéteis, o que atrapalhou a chegada da ajuda.

Jaafar al Jeir, coordenador da rede de oposição Sham, disse à agência Efe por telefone que dois morteiros atingiram um edifício da polícia no centro velho de Homs, e que houve troca de tiros entre os rebeldes e as forças de segurança.

Os opositores e as forças do governo se acusaram hoje mutuamente por tiros nessa zona de Homs, sitiada pelo exército desde junho de 2012.

Uma equipe conjunta da ONU e do Crescente Vermelho tenta levar ajuda humanitária e continuar com a evacuação de civis, que começou ontem com a saída de mais de 80 pessoas, após o acordo humanitário fechado entre as partes confrontadas.

A evacuação dos civis de Homs foi o primeiro tema da primeira rodada das negociações de paz de Genebra, realizadas entre os dias 22 e 31 de janeiro, onde pela primeira vez se sentaram na mesma mesa representantes do governo e da oposição.

EFE   
  • separator
  • comentários
publicidade