PUBLICIDADE

Mundo

Mulher morre com 'ruptura genital' após cair de moto aquática pilotada pelo marido

Russa Elena Spiryakova, de 49 anos, estava andando na traseira da embarcação

4 jan 2024 - 13h34
(atualizado às 13h55)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Uma mulher de 49 anos morreu ao cair de um jet ski pilotado pelo marido e sofrer uma “ruptura genital” causado pela mudança de direção da água. O marido agora é acusado de 'causar morte por negligência'.
Russa Elena Spiryakova tinha 49 anos
Russa Elena Spiryakova tinha 49 anos
Foto: Reprodução

Uma mulher morreu após sofrer uma "ruptura genital" ao cair de uma moto aquática em alta velocidade, pilotada por seu marido. As informações são do jornal britânico Daily Mail.

O acidente ocorreu em julho de 2023 no rio Samara, na Rússia, mas os detalhes só vieram a público agora, após a divulgação do relatório final do caso. A vítima é a russa Elena Spiryakova, de 40 anos.

Segundo o documento, ela estava andando na traseira da moto aquática, navegando no rio que deságua no maior rio Volga, em Samara.

"Depois de mais uma curva, a mulher não conseguiu ficar no jet ski e caiu na água, e nesse momento o marido 'pisou no acelerador'", informou o meio de comunicação russo Baza

A queda gerou o que é chamado de "golpe de martelo". Neste caso, a água, ao mudar subitamente de direção, atingiu a região genital da russa, de acordo com o Baza

Elena foi levada às pressas para o hospital, mas os médicos não conseguiram salvá-la e ela morreu no dia seguinte. Seu marido, Oleg, de 52 anos, agora está sendo acusado de "causar morte por negligência", após um processo movido pela família da vítima.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade