0

Itália tem menor número de mortes diárias em quase 2 meses

Última vez que país teve menos que 174 óbitos foi em 14 de março

3 mai 2020
13h46
atualizado às 14h22
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Defesa Civil da Itália informou neste domingo (3) que o país registrou 174 mortes pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando o total para 28.884. Este é o menor número de óbitos diários contabilizado desde o último dia 14 de março.

Segundo o novo balanço, o ritmo do surgimento de novos casos também está diminuindo. Ao todo, são 100.179 casos ativos - que não consideram os curados e as mortes -, uma redução de 525 pessoas em um dia. Ontem (2), em números totais, houve uma diminuição de 239.

No total, 81.654 pessoas estão curadas da doença, sendo que 1.740 recuperações foram registradas entre ontem e hoje.

A tendência de queda também continua no número de pacientes hospitalizados em terapia intensiva. De acordo a Defesa Civil, mais 38 pessoas deixaram o setor médico, sobrando 1.501.

Na Lombardia, a quantidade de vítimas diárias também está caindo. Hoje, foram apenas 42 novas mortes, totalizando 14.231. No balanço anterior, haviam sido 47 óbitos.

Os novos dados demonstraram que a pandemia na Itália está desacelerando no momento em que o país se prepara para iniciar a chamada "Fase dois" na luta contra o novo coronavírus.

As medidas de reabertura gradual variam nas 20 regiões da Itália, o que já provocou uma polêmica. O governo da Calábria, por exemplo, contrariou o primeiro-ministro Giuseppe Conte e reduziu as restrições, autorizando a reabertura de bares e restaurantes.

Outros setores da economia já haviam sido retomados em 27 de abril. Já as escolas, no entanto, serão reabertas apenas em setembro.

Veja também:

Coronavírus: experimento japonês mostra rapidez com que vírus se espalha em restaurante
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade